É falso que vídeo mostre Bolsonaro sendo recebido por multidão em Nova York

É falso que vídeo mostre Bolsonaro sendo recebido por multidão em Nova York

Gravação que circula nas redes sociais é de 2017 e foi feita em Natal; na época, deputado federal era pré-candidato à Presidência

Thais Ferraz

21 de setembro de 2021 | 17h38

Circula nas redes sociais um vídeo que supostamente mostraria uma multidão de apoiadores recebendo o presidente Jair Bolsonaro no Aeroporto Internacional John F. Kennedy, na cidade de Nova York, onde ele participou da 76ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). As imagens, na verdade, foram gravadas no Aeroporto Internacional de Natal, no Rio Grande do Norte, em 2017, quando Bolsonaro ainda era deputado federal e pré-candidato à Presidência.

Leitores solicitaram a checagem deste conteúdo por WhatsApp, (11) 97683-7490.

A filmagem mostra Bolsonaro sendo recebido por apoiadores em um aeroporto e está sendo compartilhada acompanhada de legendas que dizem se tratar do saguão do aeroporto JFK, em Nova York. Na realidade, o vídeo foi feito durante visita de Bolsonaro a Natal no dia 8 de junho de 2017, onde ele participou de um evento promovido pela União Nordestina dos Plantadores de Cana de Açúcar. Na ocasião, o próprio perfil do presidente compartilhou imagens da recepção no aeroporto. Também é possível ver no início do vídeo um guichê da empresa Serra Dourada, de locação de automóveis, que tem uma unidade no aeroporto de Natal.

Bolsonaro discursou nesta terça, 21, na abertura da Assembleia-Geral da ONU. Na fala, ele mentiu sobre a dimensão dos atos governistas de 7 de setembro e sobre atividades do BNDES no exterior, divulgou dados falsos sobre meio ambiente e a Amazônia e defendeu o uso de medicamentos ineficazes contra a covid-19. Na véspera, o presidente foi alvo de alguns poucos manifestantes contrários ao seu governo, que o aguardavam com faixas na porta do hotel em que está hospedado. Não havia apoiadores do presidente no local.

Não é a primeira vez que o vídeo no aeroporto de Natal é usado por apoiadores do presidente para espalhar desinformação. Em maio deste ano, o Estadão Verifica desmentiu que o vídeo mostrasse uma recepção a Bolsonaro no Equador. 

A publicação também foi checada pela Agência Lupa e pelo Fato ou Fake.

Tudo o que sabemos sobre:

fake news [notícia falsa]jair bolsonaro

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.