Planalto quer melhorar imagem no exterior

Planalto quer melhorar imagem no exterior

Coluna do Estadão

28 de agosto de 2019 | 05h00

Presidente Jair Bolsonaro. FOTO: MARCOS CORREA/PR

Por entender que as embaixadas do Brasil permanecem “aparelhadas” pelos governos anteriores, o Planalto puxou para si a missão de melhorar a imagem de Jair Bolsonaro no exterior. Nessa visão, os atuais diplomatas, ainda alinhados com o pensamento de “esquerda”, estariam fazendo corpo mole na hora de defender o Brasil e falhando na comunicação dos feitos do presidente, como, por exemplo, “o combate à corrupção”. O governo planeja eventos em Londres, Paris e Washington com a presença de representantes de veículos de comunicação locais.

Despetização. Apesar de o Itamaraty já estar mudando embaixadores em pontos estratégicos, o Planalto vê ainda com desconfiança diplomatas em vários postos no exterior.

Otimistas. A Frente Parlamentar Agropecuária estava tão confiante no seguimento da tramitação da PEC que libera atividades de agricultura e pecuária em terras indígenas que já havia até escolhido um relator para a Comissão Especial: Arthur Maia (DEM-BA).

Run! A primeira reunião em Brasília do líder do Solidariedade na Câmara, Augusto Coutinho (SD-PE), nesta semana, foi uma caminhada às 7 da matina na residência oficial do presidente da Casa. O convite veio do próprio Rodrigo Maia.

SINAIS PARTICULARES
Rodrigo Maia e Augusto Coutinho, presidente da Câmara e deputado federal (SD-PE)

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES/ESTADÃO

Trincheira. O senador Cid Gomes (PDT-CE) leu linha por linha da conclusão do inquérito da PF sobre Rodrigo Maia, de quem não é aliado. Na opinião dele, não tem nada. “É pura retaliação”, afirma.

Vem Pra Câmara. Carla Zambelli (PSL-SP) convidou movimentos de rua para acompanhar a votação do pacote anticrime pelo grupo de trabalho na próxima terça-feira.

CLICK. Bruno Covas (2.º à esq.), torcedor do Santos, na festa dos 105 anos do Palmeiras: aplaudido ao prometer apressar a autorização para reforma das portarias do clube.

FOTO: SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS/DIVULGAÇÃO

Apuração. A Polícia do Senado Federal ouviu na sexta-feira o jornalista Vinicius Guerrero, que defendeu em vídeo o assassinato do presidente Bolsonaro e de seus filhos. A peça viralizou na internet. O ministro Sérgio Moro (Justiça) também pediu à Polícia Federal para apurar o caso.

Apuração 2. Guerrero teria confessado os crimes de ameaça e injúria. A Coluna não conseguiu contato com ele. O procedimento investigatório foi instaurado a pedido do senador Flávio Bolsonaro. A conclusão será encaminhada ao MPF.

Água… O programa da Sabesp e do governo de SP para despoluir o Rio Pinheiros, cartão-postal da capital, traz duas inovações: contratos de performance, em que o contratado só recebe se cumprir metas, e o uso de miniestações que vão tratar diretamente a água dos córregos poluídos.

…limpa. Associadas à implantação das redes de esgoto, a alternativa é o pulo do gato para que a iniciativa dê certo até 2022, como promete João Doria.

PRONTO, FALEI!

Fabiano Contarato. FOTO: GABRIEL LORDELLO/ESTADÃO

Fabiano Contarato, senador (Rede-ES): “Como humanista, aceito defender a internacionalização do mundo. Enquanto o mundo me tratar como brasileiro, lutarei para a Amazônia ser nossa.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, JULIANA BRAGA E MARIANNA HOLANDA. COLABORARAM ELIANE CANTANHÊDE, GLAUCO DE PIERRI E CIRO CAMPOS

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: