Leo Fontes/O TEMPO
Leo Fontes/O TEMPO

Planalto nomeia advogado Caio Vieira de Mello como ministro do Trabalho

Indicação ocorre quatro dias depois de Helton Yomura deixar a Pasta, após ter sido alvo de operação da Polícia Federal; novo ministro foi vice-presidente do TRT da 3ª Região

Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

09 Julho 2018 | 18h11

BRASÍLIA - O advogado Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello será o novo ministro do Trabalho, segundo informou o Palácio do Planalto, em nota oficial, nesta segunda-feira, 9. Vieira de Mello assume o cargo em substituição a Helton Yomura, afastado na última quinta-feira,  após ter sido alvo de operação da Polícia Federal.

++ STF afasta ministro do Trabalho

++ Afastado do cargo, ministro do Trabalho pede demissão

Desde então, o ministro Eliseu Padilha, da Casa Civil, estava interinamente no Trabalho. A 3ª fase da Operação Registro Espúrio tem como objetivo aprofundar as investigações a respeito de organização criminosa que atua na concessão fraudulenta de registros sindicais no Ministério do Trabalho. Yomura representava o PTB no governo.

O novo ministro, que tomará posse às 15 horas da terça-feira, foi Vice-Presidente Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, entre 2008 e 2009. Vieira de Mello é consultor do escritório de advocacia Sérgio Bermudes, que tem em seus quadros a mulher do ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. Ele também é irmão do ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Luiz Philippe Vieira de Mello Filho,

Desde sexta-feira, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, respondia interinamente pelo cargo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.