Bruna Pozelli/Divulgação
Bruna Pozelli/Divulgação

‘Lado D’: Evandro Fióti e Renato Meirelles debatem a desigualdade no Brasil; assista

Quinto episódio do programa apresentado por Luiz Felipe d'Avila está disponível nas plataformas do ‘Estadão’

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2021 | 05h00

O músico e empresário Evandro Fióti e o presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles, analisam os desafios e perspectivas que envolvem a desigualdade no Brasil, agravada com a pandemia no quinto capítulo do programa Lado D, apresentado pelo cientista político Luiz Felipe d'Avila. 

“Ficou muito claro que essa desigualdade que sempre existiu e atingiu uma proporção gigantesca no Brasil”, afirmou Meirelles no debate, disponível no site e no canal do YouTube do Estadão a partir das 17h.  O projeto, parceria do Estadão com o Centro de Liderança Pública (CLP), a série traz semanalmente debates entre influenciadores e personalidades sobre temas que definem os rumos do País.

Fioti, por sua vez, acredita que é preciso se pensar em alternativas estruturais. “A gente precisa reconstruir um novo modelo de organização. A globalização aumentou demais as desigualdades, porque toda essa tecnologia desenvolvida não teve recorte de classe, raça, gênero”. 

O empresário relembra que foi a música que acabou por substituir a ausência do poder público no lugar onde morava. “As políticas públicas não chegaram onde minha família estava”, diz. “Mas as letras dos Racionais chegaram, em 1997. Se essa letra não tivesse chegado aqui, talvez eu não estaria aqui hoje.”

 

Os episódios do Lado D são semanais, sempre às terças-feiras e com duração máxima de 20 minutos. As gravações, realizadas de forma presencial, respeitaram recomendações de segurança sanitária em meio à pandemia da covid-19, incluindo o distanciamento entre os participantes. Os episódios são veiculados nas plataformas digitais do CLP e do Estadão.

Veja as datas de cada episódio do programa ‘Lado D’

15/06, veja como foi: SUS, com Luiz Henrique Mandetta, médico e ex-ministro da Saúde, e Thelma Assis, médica anestesiologista e comunicadora;

22/06, veja como foi: Racismo, com Preto Zezé, presidente nacional da CUFA, e João Luiz Pedrosa, professor e apresentador;

29/06, veja como foi:  Equidade de gênero, com Adriana Araújo, jornalista e escritora, e Suzana Pires, atriz e autora;

06/07, veja como foi: Violência e impunidade, com Claudia Moraes, tenente-coronel da PMERJ, e Gizelly Bicalho, advogada criminalista;

13/07: Desigualdade social, com Evandro Fióti, músico e empresário, e Renato Meirelles, presidente do Instituto Locomotiva;

20/07: Democracia nas redes, com Antonio Tabet, ator, apresentador e roteirista, e Fábio Rabin, comediante e ator;

27/07: Sociedade, com Eliane Dias, empresária e advogada, e Tico Santa Cruz, músico, escritor, compositor, vocalista a banda Detonautas;

03/08: Educação, com Clóvis de Barros Filho, professor, escritor e palestrante, e Priscila Cruz, presidente executiva do Todos Pela Educação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.