Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Guilherme Boulos domina pesquisas no Google em São Paulo, diz empresa

Buscas por candidatos na capital paulista apontam interesse dos eleitores por representante do PSOL, com 73% das pesquisas; índice não indica intenção de voto

Bruno Capelas, O Estado de S. Paulo

28 de novembro de 2020 | 15h39

Na véspera do segundo turno das eleições 2020, Guilherme Boulos (PSOL) domina as buscas no Google entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo. Segundo levantamento da empresa divulgado na tarde deste sábado, 28, Boulos tem 73% das pesquisas feitas nas últimas 24 horas, contra 27% de seu rival, Bruno Covas (PSDB). 

É importante ressaltar, porém, que o estudo do Google aponta interesse no candidato, mas não necessariamente uma intenção de voto – e a notícia de que Boulos testou positivo para a covid-19 pode ter auxiliado nestas buscas. No primeiro turno, porém, Boulos já foi o candidato mais buscado no serviço da gigante americana. 

De acordo com o Google, a busca pelo nome do candidato do PSOL também aumentou em 118% entre a última sexta e o sábado, na comparação com o período entre a sexta-feira e o sábado que antecederam o primeiro turno. Já Bruno Covas viu alta nas buscas de seu nome de apenas 36%. 

Considerando este índice, porém, o maior aumento registrado no Brasil pertence ao petista João Coser, candidato à prefeitura de Vitória: ex-prefeito da cidade viu alta de 541% nas pesquisas pelo seu nome no mesmo período. Rival de Coser na disputa, o Delegado Pazolini (Republicanos) teve alta de 118% nas buscas no Google. 

Cuiabá e Vitória têm disparidade em buscas sobre candidatos; Rio e Recife, equilíbrio

Vitória e São Paulo são, respectivamente, a terceira e a quarta cidades com maior diferença na proporção de pesquisas realizadas no motor de busca do Google. Em primeiro lugar, está Goiânia, onde Maguito Vilela tem 93% das buscas sobre candidatos na cidade – seu oponente, Vanderlan Cardoso, tem apenas 7%. Internado desde o primeiro turno, por complicações da covid, Maguito é outro candidato cujo interesse em buscas pode estar ligado também à sua situação atual de saúde.

Cuiabá vem em segundo, com Emanuel Pinheiro tendo 89% das buscas no Google sobre os políticos presentes no segundo turno; seu rival, Abilio Junior, tem 11%. 

Outras cidades, porém, têm índices bastante próximos nas buscas por candidatos: no Recife, por exemplo, João Campos (PSB) está com 51% das pesquisas feitas no motor do Google, enquanto sua prima e concorrente Marília Arraes (PT) tem 49%. Os números se repetem em Rio Branco, com Tião Bocalom (PP) à frente de Socorro Neri (PSB). No Rio de Janeiro, Marcelo Crivella tem 56% das pesquisas realizadas pela plataforma da gigante americana, contra 44% de Eduardo Paes. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.