Rosa Weber ainda não concluiu voto de habeas de Lula

Rosa Weber ainda não concluiu voto de habeas de Lula

'Incógnita', ministra é considerada voto-chave no julgamento marcado para esta quarta-feira, 4, no plenário do Supremo

Rafael Moraes Moura e Amanda Pupo/ BRASÍLIA

02 Abril 2018 | 23h27

Rosa Weber. Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Considerada a maior incógnita no julgamento do habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, ainda não concluiu o voto que será lido na sessão plenária desta quarta-feira (4), segundo o Broadcast Político apurou.

+++Discreta, Rosa definirá destino de Lula

A ministra passou o feriado de Páscoa em Porto Alegre, sua cidade natal, onde visitou familiares. A aposta nos bastidores é a de que a magistrada, indicada pela presidente cassada Dilma Rousseff ao Supremo em 2011, definirá o resultado do julgamento de Lula, diante de uma Corte rachada e desgastada perante a opinião pública.

+++’Espero que o STF tome a melhor decisão’, diz Moro

Nos últimos dias, Rosa tem sofrido pressão de todos os lados – o Movimento Brasil Livre (MBL), por exemplo, lançou uma campanha nas redes sociais para que a ministra “não decepcione” e rejeite o pedido do petista.

+++HC de Lula antecipa embate sobre prisão em 2ª instância

O juiz federal Sérgio Moro, que já trabalhou com a ministra no STF durante o processo do mensalão, disse em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que “tem um “apreço especial” por Rosa e pôde observar a “seriedade, a qualidade técnica da ministra” na época em que atuaram juntos. “Tenho expectativa de que esse precedente (de prisão após condenação em segunda instância) não vai ser alterado”, afirmou Moro.

+++‘STF está na vitrine e, por isso, sujeito a estilingue’, afirma Marco Aurélio

Interlocutores de Rosa ouvidos pelo Broadcast Político disseram que a ministra é uma “fortaleza” e não cederá à pressão de nenhum dos lados.