Promotoria vê ‘clima de tensão’ entre Garotinho e Sérgio Cabral na cadeia

Promotoria vê ‘clima de tensão’ entre Garotinho e Sérgio Cabral na cadeia

Ministério Público do Rio requereu a transferência de Anthony Garotinho para uma unidade prisional com 'perfil compatível' à cadeia de Benfica, onde os ex-governadores estão custodiados

Julia Affonso

24 Novembro 2017 | 18h33

Sério Cabral Anthony Garotinho. 2006. Foto: MARCOS D’PAULA/AGENCIA ESTADO/AE

O Ministério Público do Estado do Rio, por intermédio da 11.ª Promotoria de Investigação Penal, requereu à Vara de Execuções Penais (VEP), nesta sexta-feira, 24, a transferência de Anthony Garotinho para unidade prisional com ‘perfil compatível’ com a Cadeia Pública José Frederico Marques de Benfica, onde o ex-governador está preso. A Promotoria apontou um ‘clima de tensão’ entre Garotinho e o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB), que também está em Benfica.

Garotinho foi levado para a cadeia de Benfica na quarta-feira, 22. Sérgio Cabral foi preso em novembro do ano passado. Está nesta penitenciária desde maio.

R$ 55 mil em dinheiro vivo em casa são diária de táxi, diz assessor especial de Picciani

Filho de Picciani diz à PF que foi ao TCE ‘falar de gado’ com conselheiro

Rua do Carmo, 6, Rio, endereço do comitê de Paulo Melo ‘Pinguim’ e de entrega da propina

Paulo Melo, da propina de R$ 50 mi, diz à PF que sua renda vem de salários, alugueis e peixes

Picciani deixava talão de cheques em branco, relata gerente

Macarrão, feijão e farinha para Cabral, Picciani, Garotinho, Melo, Albertassi…

Em nota, o Ministério Público do Rio afirmou que durante uma fiscalização na cadeia de Benfica, nesta sexta-feira, 24, ‘verificou o clima de tensão que prevalece pela coabitação de Anthony Garotinho com o ex-governador Sérgio Cabral e demais integrantes da organização criminosa da qual faz parte’.

Rosinha Garotinho, Anthony Garotinho, Adriana Ancelmo e Sérgio Cabral em 2007. Foto: WILTON JUNIOR/AGENCIA ESTADO/AE

Em petição, a Promotoria afirmou que ‘não há meios de ser garantida a preservação da integridade física de Garotinho’.

Nesta sexta-feira, 24, Garotinho disse ter sido agredido a golpes de porrete por um homem que teria invadido a cela que ele ocupa em Benfica.

A versão do ex-governador gerou dúvidas. O juiz eleitoral Ralph Machado Manhães Junior autorizou a transferência do ex-governador para um presídio de segurança máxima. Garotinho teria se autolesionado para forçar sua mudança de Benfica para, eventualmente, regime domiciliar.

Segundo o Ministério Público do Rio, ‘é dever da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária garantir a segurança dos internos, afastando potenciais riscos de conflitos que possam, no mínimo, causar tumulto na rotina da unidade’.

“Além de abrigar o ex-governador Sérgio Cabral, a Secretaria acolhe dezenas de presos, réus nas ações penais que originaram as Operações Calicute, Lava Jato, Fatura Exposta, e mais recentemente, a C’est Fini”, destaca a Promotoria.

“Desses réus, muitos deles tornaram-se notoriamente conhecidos por formarem a chamada Gangue dos Guardanapos – cujas fotos foram amplamente divulgadas no conhecido blog do Garotinho – sendo integrantes de organização criminosa oriunda do partido político PMDB e conhecidos inimigos do casal Garotinho”, informa a petição.

O documento acrescenta que muitas das noticias criminis que resultaram em investigações e ações penais tiveram origem em informações veiculadas no referido blog, gerando potencial risco à integridade física do ex-governador Garotinho.