Werther Santana e Nilton Fukuda/Estadão
Werther Santana e Nilton Fukuda/Estadão

Eleições 2018: Doria e Skaf têm empate técnico em São Paulo, diz Ibope

Ex-prefeito de São Paulo tem 19% das intenções de voto contra 17% de Paulo Skaf; resultado configura empate técnico na margem de erro, de três pontos porcentuais

Marcelo Osakabe, O Estado de S.Paulo

29 Junho 2018 | 21h51

SÃO PAULO - O pré-candidato do PSDB nas eleições 2018 ao Palácio dos Bandeirantes, João Doria, permaneceu na liderança na mais nova pesquisa eleitoral para governador de São Paulo realizada pelo Ibope/Bandeirantes com eleitores do Estado, divulgada na noite desta sexta-feira, 29. O ex-prefeito viu cair sua intenção de voto de 22% para 19% desde o final de maio. Com o resultado, Doria está empatado tecnicamente com o presidente licenciado da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf (MDB), que subiu de 15% para 17%. A margem de erro é de três pontos porcentuais.

+ Bolsonaro lidera com 19% em São Paulo, aponta pesquisa Ibope

Em terceiro lugar na pesquisa eleitoral aparece o atual governador de São Paulo, Marcio França (PSB), que passou de 3% para 5%. Luiz Marinho, do PT, obteve 3%. Doria também viu aumentar sua rejeição em todo o Estado na passagem de maio para junho, de 35% para 39%. Já a rejeição de Skaf passou de 34% para 30%. A de França também subiu, de 16% para 18%.

Além da pesquisa para governador de SP, Ibope testou cenários para o Senado

A pesquisa eleitoral do Ibope também testou dois cenários para a disputa do Senado nas eleições 2018, um deles com a presença do deputado federal Ricardo Tripoli e outro com a do presidente da Assembleia Estadual, Cauê Macris, ambos do PSDB. Independente do cenário, o petista Eduardo Suplicy lidera a corrida com 29%, à frente de José Luiz Datena (DEM), com 23%, e Marta Suplicy (MDB), com 22%.

+ Datena confirma pré-candidatura ao Senado nas eleições 2018

+ Datena pode atrair eleitores em busca de novo e impactar em outras candidaturas do DEM

Números dos pré-candidatos à Presidência 

Jair Bolsonaro (PSL) manteve a liderança da pesquisa de intenção de voto no Estado de São Paulo no cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo a pesquisa presidencial do Ibope, o parlamentar chega a 17% no cenário em que o petista é substituído pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, e 19% quando a vaga é ocupada pelo ex-governador da Bahia, Jaques Wagner

+ Sem Lula, Bolsonaro lidera com 17%, diz CNI/Ibope

Como a margem de erro é de três pontos, Bolsonaro está tecnicamente empatado com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que obteve 15% de intenção de voto, e com a ex-ministra Marina Silva (Rede), que subiu de 11% para 13%. Os resultados da pesquisa eleitoral para a Presidência independem do candidato petista testado. A pesquisa foi feita entre os dias 23 e 26 de junho, com 1008 pessoas. O número de registro no TSE é 03598/2018. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.