Leia a íntegra do depoimento do ex-diretor da PF Maurício Valeixo

Leia a íntegra do depoimento do ex-diretor da PF Maurício Valeixo

Ex-chefe da Polícia Federal, pivô de crises entre o ex-ministro Sérgio Moro e o presidente Jair Bolsonaro, prestou informações nesta segunda, 11, no âmbito de inquérito que apura suposta tentativa de interferência do presidente na corporação

Redação

12 de maio de 2020 | 09h51

O ex-diretor-geral da Polícia Federal, Mauricio Leite Valeixo. Foto: Denis Ferreira Netto/Estadão

Em longo depoimento que prestou nesta segunda, 11, na Polícia Federal em Curitiba, o ex-diretor-geral da corporação Maurício Valeixo afirmou que que o presidente Jair Bolsonaro lhe disse que não tinha nada ‘contra a sua pessoa’, mas queria um diretor-geral com quem tivesse mais ‘afinidade’. Em oitiva que começou às 10h10 e se estendeu durante a tarde por mais de seis horas, o homem de confiança do ex-ministro Sérgio Moro abordou os bastidores de sua exoneração e comentou sobre os pedidos de trocas da superintendência do Rio de Janeiro, área de interesse do presidente Jair Bolsonaro.

Na audiência, Valeixo indicou ainda que não foram apresentadas ‘razões’ que justificassem mudanças no comando da corporação no Rio de Janeiro. Sobre o inquérito das Fake News, que corre junto ao Supremo Tribunal Federal, Valeixo disse que não teve conhecimento de nenhuma informação sobre a investigação e afirmou que tal acesso, mesmo com a troca de comando da corporação, não seria possível sem ‘uma troca na rotina de trabalho’ da PF.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: