Eduardo Bolsonaro publica montagem falsa ao atacar Greta Thunberg
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Eduardo Bolsonaro publica montagem falsa ao atacar Greta Thunberg

Imagem da ativista em um trem foi alterada digitalmente para mostrá-la tomando café da manhã ao lado de crianças pobres

Paulo Roberto Netto

26 de setembro de 2019 | 12h45

Cotado para assumir a embaixada do Brasil em Washington, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, compartilhou uma montagem falsa para atacar a ativista ambiental Greta Thunberg, de 16 anos. A foto foi alterada digitalmente, e é mais um elemento da onda de desinformação que mira a sueca desde o seu discurso na Cúpula do Clima da ONU.

A ativista Greta Thunberg toma café da manhã a bordo de um trem na Dinamarca. Foto: Greta Thunberg / Instagram

A foto original foi publicada pela própria Greta no dia 22 de janeiro. Ela aparece em um trem que seguia para Davos, na Suíça. A parte adulterada é a que mostra crianças pobres olhando a mesa. À época, Greta estava em viagem para participar de uma greve estudantil na cidade e discursar no Fórum Econômico Mundial, realizado entre os dias 22 e 25 de janeiro.

Ver essa foto no Instagram

Lunch in Denmark.

Uma publicação compartilhada por Greta Thunberg (@gretathunberg) em

As crianças, todas negras, foram inseridas digitalmente na foto de Greta a partir de uma outra imagem de 23 de agosto de 2007 pela fotógrafa Stephanie Hancock, da agência Reuters. A imagem retrata crianças vivendo em um acampamento improvisado nas proximidades do vilarejo de Bodouli, na República Centro-Africana.

Em uma resposta a um usuário que relatou a falsidade da montagem, Eduardo Bolsonaro questionou se “alguém não percebeu isso?”. A publicação do deputado com a imagem falsa de Greta obteve mais de 2,9 mil retuítes e 12,3 mil curtidas.

Crianças vivendo em um acampamento improvisado nas proximidades do vilarejo de Bodouli, na República Centro-Africana. Foto: Stephanie Hancock/Reuters (23/08/2007)

Venezuela. Outra versão do boato afirma falsamente que Greta prega o comunismo e vive uma vida confortável enquanto crianças passam fome na Venezuela. Para isso, usam a mesma foto de Greta no trem com uma segunda foto tirada pelo fotógrafo Cristian Josué Hernández para reportagem da revista Clímax, publicada em 29 de dezembro de 2016. A imagem retrata jovens venezuelanos comendo alimentos de uma caçamba de lixo.

É falsa a afirmação que Greta defende o comunismo. O movimento Fridays For Future, que consiste em greves estudantis contra a falta de ação para combater o aquecimento global, reivindica mudanças nas posturas de líderes políticos em relação a políticas públicas de meio ambiente e preservação do planeta.

A própria Greta já declarou que não defende “nenhum movimento ou visão política” em um tweet de julho do ano passado. “Eu não apoio nenhum movimento político ou visão política, e sou contra todas as formas de fascismo e jamais apoiarei qualquer tipo de violência. Todas as mudanças devem vir da democracia, direitos iguais, da não violência e da paz. Dizer não ao fascismo não é uma visão política, é senso comum”, escreveu.

Desde seu duro discurso na Cúpula do Clima da ONU, no qual exigiu nova postura de líderes mundiais no combate ao aquecimento global, a jovem ativista tem sido alvo de boataria nas redes sociais. Grande parte das peças de desinformação já circulavam em outros países, mas chegaram ao Brasil após a declaração da jovem no evento.

O Estadão Verifica já desmentiu que Greta seja neta do filantropo George Soros ou que seja financiada por ele, além dela ser integrante do movimento Antifa.

Caminho da verificação. Para verificar este boato, o Estadão Verifica utilizou o TinEye e o Google Imagens, ferramentas de busca reversa de imagem, além de consulta reportagens da revista Clímax e da agência Reuters.

Este boato foi selecionado para verificação por meio de uma parceria entre o Estadão Verifica e o Facebook. O AosFatos, a Agência Lupa e o AFP Checamos já desmentiram este conteúdo.

Tendências: