Movimento de Huck elabora diagnóstico e propostas para o País

Movimento de Huck elabora diagnóstico e propostas para o País

Coluna do Estadão

11 de fevereiro de 2020 | 05h00

O empresário e apresentador de TV Luciano Huck Foto: GABRIELA BILO/ESTADÃO

O movimento Agora!, do qual Luciano Huck faz parte, lança em maio um conjunto de diagnósticos e propostas para cinco grandes temas: saúde, educação, segurança pública, meio ambiente e cidades e favelas (urbanismo). Segundo interlocutores do apresentador de TV, ele tem se dedicado a estudar com afinco os tópicos e acompanha de perto as discussões do grupo da sociedade civil. No entorno de Huck, o entendimento é de que a agenda de propostas dele para o País, caso decida ser candidato a presidente, sairá, em grande parte, dessas jornadas.

Conselheiros. Participam das rodas de conversa do Agora! Arminio Fraga, Paulo Hartung, Raul Jungmann e Claudia Costin, entre outros.

Como é. Na educação, o diagnóstico deverá dizer que há poucas escolas técnicas e um aumento expressivo no ensino a distância.

Para entender. O Agora! é um movimento de renovação política da sociedade. Na mesma linha, Huck também integra o RenovaBR.

Logo ali. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai a Harvard (EUA) falar sobre reformas no Brazil Conference, que ocorrerá em 3 e 4 de abril. Além dele, a deputada Tabata Amaral (PDT-SP) e Luciano Huck também estarão lá. O tema deste ano é MudançaQueCriamos.

Vice. O Partido Novo terá chapa puro-sangue na eleição para a Prefeitura de São Paulo. A vice de Filipe Sabará será Marina Helena Cunha Santos, atual diretora do Programa de Desestatização no Ministério da Economia de Paulo Guedes.

Vice 2. Marina Helena é bacharel e mestre em Economia pela UnB. Atuou no mercado financeiro em diversas instituições, como o banco Bradesco.

Curso. A economista é filiada ao Novo desde 2018 e também teve de passar pelo processo seletivo do partido para ser escolhida. Marina Helena deve deixar o ministério esta semana.

SINAIS PARTICULARES.
Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil

Kleber Sales

Autoajuda. O ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) foi visto na tarde de domingo em uma livraria num shopping de Brasília separando alguns exemplares. Na lista, Resiliência e As 16 Leis do Sucesso.

Pelo… Marta Suplicy, quando foi prefeita de São Paulo (2001-2004), enviou para o extinto Ministério da Fazenda (hoje Economia) extenso planejamento, de aproximadamente 400 páginas, sobre o que precisaria ser feito para enfrentar as enchentes na capital.

…ralo. Marta nunca obteve resposta. Ah, naquela época Lula estava no Planalto, o PT na Fazenda e a então prefeita era do partido.

CLICK. O ministro Fernando Azevedo e Silva (à dir.) recebeu o ministro da Defesa de Portugal, João Cravinho. Dentre outras coisas, falaram de parcerias nas áreas naval e aeroespacial.

Divulgação/Ministério da Defesa

Clima… Será julgado hoje no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) recurso do subprocurador Moacir Guimarães Morais Filho pedindo a cassação da aposentadoria de Rodrigo Janot, com base na declaração de que pensou em matar Gilmar Mendes.

…pesado. O relator é o conselheiro Otavio Luiz Rodrigues Junior, amigo do ministro do STF. Apesar disso, o recurso deve ser negado. Não há motivos jurídicos para embasar o pedido, dizem conselheiros.

Respeito… Depois de propor a adoção de idosos, o ministério de Damares Alves quer que crianças estudem no colégio o Estatuto do Idoso detalhadamente, a começar pela educação básica.

… aos mais velhos. Na semana passada, a Pasta esteve com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação para tratar do tema. Dialogam ainda com o MEC e o  Conselho Nacional de Secretários de Educação para fechar uma proposta.

BOMBOU NAS REDES!

Deltan Dallagnol. FOTO: UESLEI MARCELINO/REUTERS

Deltan Dallagnol, procurador federal e coordenador da força-tarefa da Lava Jato: “Nova lei vai criar ambiente de risco constante a juízes, procuradores e investigadores que enfrentam crimes de poder”, sobre lei do abuso de poder.

COM MARIANNA HOLANDA. COLABORARAM ELIANE CANTANHÊDE E SANDRA MANFRINI.

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao