Governadores cobram informações sobre quantidade de doses de vacinas

Governadores cobram informações sobre quantidade de doses de vacinas

Coluna do Estadão

13 de janeiro de 2021 | 06h00

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Cancelada a reunião que seria para anunciar a “o dia D e a hora H” da vacinação, marcada para esta última terça-feira, 12, os governadores querem que o Ministério da Saúde ao menos diga o número de doses que cada Estado receberá e quem será prioridade, dentre os do primeiro grupo. A ideia é de Helder Barbalho (MDB-PA) e foi levada à equipe de Pazuello por Wellington Dias (PT-PI). Eles esperam que uma resposta seja dada ainda nesta semana.

Barbalho, aliás, comemorou os números da Coronavac, apesar de a eficácia ter ficado abaixo da expectativa. “É um alento para quem quer discutir no campo da saúde. Vamos eliminar o vírus? Não. Mas as vacinas vêm para permitir que a sociedade possa conviver com ele, assim como gripe e H1N1, que também matam, mas nós convivemos”.

LEIA TAMBÉM: Empresários se reúnem com Eduardo Pazuello

Brasil ignora acordo proposto por EUA para banir 5G chinês

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.