Contêineres serão usados para tomografia em São Paulo

Contêineres serão usados para tomografia em São Paulo

Coluna do Estadão

18 de abril de 2020 | 05h00

Coluna do Estadão

Para ampliar o uso da tomografia no diagnóstico da covid-19 em São Paulo, a Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (Fidi) utilizará carretas para transportar oito contêineres com aparelhos pela Grande SP. O objetivo é reforçar a capacidade de realização de exames e proteger as equipes médicas. Os aparelhos serão operados a partir de uma central de comando, com o técnico em trabalho remoto. O resultado do exame será encaminhado ao hospital por aplicativo. Uma das carretas estará no Ginásio do Ibirapuera.

Preocupação. Em 16 dias, o número de contaminados por covid-19 nas Forças Armadas saltou de 62 para 448 militares. Destes, 90 conseguiram se curar e três morreram. Desde que deflagrou a Operação Covid-19, são mais de 28 mil homens e mulheres das três Forças empenhadas no combate ao coronavírus.

Janela… Lideranças do Centrão, próximas a Rodrigo Maia (DEM-RJ), acham que o presidente da Câmara já vinha esticando a corda havia muito tempo na relação com Jair Bolsonaro.

…de oportunidade. Esses líderes estão assanhados com a possibilidade de usar a crise para se aproximar de Jair Bolsonaro.

Na balança. No jogo de equilíbrio, pretendem conduzir os dois pratos girando, de olho na sucessão do comando da Câmara no ano que vem. Na disputa, ainda velada, ter o apoio do Executivo poderá ser determinante para quem quiser ocupar o lugar de Maia.

De olho… O pedido de Simone Tebet (MDB-MS) para Bolsonaro se desculpar com o Congresso foi visto entre colegas como mais um movimento dela para a sucessão do Senado.

…na corrida. Além de se diferenciar do atual presidente, mais alinhado com o governo, se aproxima dos críticos a Bolsonaro.

Tá ok? No Planalto, a ala militar deu guarida a Bolsonaro. Um ministro palaciano sugeriu à Coluna “um exercício”: olhar com lupa as recentes entrevistas de Rodrigo Maia à imprensa. Segundo ele, em todas elas, sem exceção, há uma estocada no presidente. Essa é a visão do Planalto.

Sem cavalo de pau. Maia tinha encontro marcado com membros do governo na noite de quinta-feira, quando Bolsonaro falava à CNN Brasil. Desmarcou, mas tranquilizou o grupo: o acordo sobre o tema em pauta estava mantido.

SINAIS PARTICULARES.

Felipe Carreras, deputado federal (PSB-PE)

Kleber Sales

Ação. O deputado federal Felipe Carreras (PSB-PE) decidiu doar 40% de seu salário (de R$ 33,7 mil mensais) enquanto durar a pandemia. A primeira ação será a distribuição de álcool em gel e de outros materiais de auxílio contra a transmissão do coronavírus no Recife e em Fernando de Noronha.

CLICK. Flávio, Eduardo e Carlos estiveram presentes na posse do novo ministro da Saúde, Nelson Teich. Mas só o 02 não se sentou na plateia: ficou nos bastidores.

Coluna do Estadão

Boa ação. A Fundación Mapfre, braço filantrópico de uma das maiores operadoras de seguros do mundo, com sede na Espanha, destinará R$ 16 milhões para as iniciativas de saúde pública em São Paulo, no Rio e em Minas Gerais.

Boa ação 2. As secretarias municipais e estaduais paulistas ficarão com a maior fatia, R$ 8 milhões, sendo R$ 7,5 milhões para atender os hospitais de campanha e R$ 500 mil para a compra de materiais utilizados por equipes de saúde.

BOMBOU NAS REDES!

ACM Neto, prefeito de Salvador (DEM): “Estamos tomando todas as medidas, muitas vezes duras, mas necessárias, para que a Salvador de amanhã não seja a Nova York ou a Fortaleza de hoje.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.