PF prende 80 do tráfico

PF prende 80 do tráfico

Resultado da Operação Brabo ainda é parcial. Justiça decretou a custódia de 127 por envolvimento com remessas de entorpecentes para a Europa em contêineres via porto de Santos

Julia Affonso e Luiz Vassallo

04 Setembro 2017 | 12h38

Porto de Santos. Foto: José Patrício/Estadão

A Polícia Federal prendeu 80 acusados por tráfico internacional nesta segunda-feira, 4, na Operação Brabo. O balanço é parcial. O número de prisioneiros pode aumentar porque a Justiça decretou a custódia de 127 suspeitos de envio de cocaína para a Europa – principalmente para a Bélgica – via porto de Santos.

Em um endereço onde a PF fez buscas foram apreendidos quase R$ 150 mil em dinheiro vivo. Foram recolhidos, ainda, carros de luxo.

OUTRAS DO BLOG: + ENTREVISTA: ‘O que está em jogo não é ministro Gilmar ou o MP, é a credibilidade do Poder Judiciário’

“Sinto que a gente vai ganhar dinheiro pra caramba”, disse aliado de Richa, segundo delator

Delator revela R$ 12 milhões desviados de obras para campanha de Richa

Lava Jato é a ‘revolução copérnica da Justiça criminal’

A Operação Brabo – nome de um dos destinos da droga, o porto belga de Antuérpia – cerca o tráfico internacional de cocaína que utilizava a cidade de São Paulo como entreposto e o porto de Santos como principal local de saída da droga. A PF informa que o grupo foi responsável por traficar mais de seis toneladas de cocaína pura para a Europa, durante o período da investigação.

Foram mobilizados 820 policiais federais para cumprimento de 190 mandados de busca e apreensão, 120 de prisão preventiva e 7 de prisão temporária nos estados de São Paulo, Minas, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal, todos expedidos pela Justiça Federal de São Paulo.