Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Presidente do PRB ataca Bolsonaro: 'Parece não querer aprovar a reforma'

Marcos Pereira usou o Twitter para dizer que, em 28 anos no Congresso, o atual mandatário 'votou contra todas as propostas de reforma'

Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

23 de março de 2019 | 15h31

Em meio à crise envolvendo o parlamento e o Executivo, o presidente nacional do PRB, o deputado Marcos Pereira (SP), atacou Jair Bolsonaro, em sua conta no Twitter. “Bolsonaro sempre votou contra todas as propostas de reforma durante 28 anos como deputado, durante sua campanha criticou a reforma da Previdência, disse na quinta que não concorda com ela, e agora joga a responsabilidade para o parlamento. Ele parece não querer aprovar a reforma”, escreveu Pereira.

Neste sábado, em Brasília, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que Bolsonaro tem de parar de dizer que é contrário à proposta de reforma da Previdência. Na avaliação do deputado federal, o posicionamento do presidente atrapalha a tramitação da proposta e gera insegurança. Ele afirmou ainda que não foi procurado pelo presidente após a tensão instalada nesta semana entre o Palácio do Planalto e o Congresso em relação à proposta.

Já Bolsonaro, ainda no Chile, voltou a atacar a política tradicional. Nesta manhã, ele disse que os atritos são causados por pessoas que "não querem largar a velha política". "Os atritos que acontecem no momento mesmo estando calado fora do Brasil acontecem na política lá dentro porque alguns, não são todos, não querem largar a velha política", disse o presidente.

Bolsonaro não citou nomes. Ele disse ter recebido o governo em uma crise "ética, moral e econômica", classificou o Brasil como "campeão da corrupção", mas com grande chance de sair do buraco desde que o país aprove as reformas, principalmente da Previdência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.