Polícia Federal
Polícia Federal

Nomeação de Segóvia para comando da PF é publicada no Diário Oficial

Novo diretor-geral garante estar comprometido com o andamento da Lava Jato e outras operações contra a corrupção da PF

Luci Ribeiro e Fábio Serapião, O Estado de S.Paulo

09 Novembro 2017 | 09h36

BRASÍLIA - O Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 9, traz publicada a nomeação de Fernando Queiroz Segóvia Oliveira para exercer o cargo de diretor-geral do Departamento de Polícia Federal do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

+++ Eliane Cantanhêde: Novo diretor-geral da PF, Fernando Segóvia tem mais apoio na política do que na corporação

O anúncio de Segóvia para o comando da PF foi feito nesta quarta-feira, 8, pelo governo de Michel Temer. Ele assumirá o posto em substituição a Leandro Daiello, que estava à frente do órgão desde 2011. A informação da troca da chefia da PF foi antecipada pela colunista do Estado Eliane Cantanhêde e confirmada pelo governo federal logo depois.

+++ Segóvia ganha apoio de entidades de classe dos federais

A posse do novo diretor-geral está marcada para o próximo dia 20. Segóvia é delegado de carreira e formado em Direito pela Universidade de Brasília (UnB), com 22 anos de profissão. Foi superintendente regional da Polícia Federal no Maranhão e adido policial na República da África do Sul.

+++ Andreza Matais: Padilha influenciou Temer a promover troca na PF

A exoneração de Daiello, que dirigiu a instituição durante seis anos e dez meses, também está publicada na edição de hoje do DOU. Sob a gestão de Daiello, a PF protagonizou as maiores operações de combate à corrupção e a malfeitos em administrações públicas do País, como a Lava Jato, Acrônimo, Zelotes, Calicute e Ararath.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.