Fernanda Guimarães/Estadão
Fernanda Guimarães/Estadão

Manifestantes ateiam fogo em agência de banco após ato contra o governo em SP

Ponto de ônibus também foi depredado; atos de vandalismo aconteceram cerca de uma hora depois que manifestantes deixaram a Avenida Paulista

Brenda Zacharias e Fernanda Guimarães, O Estado de S.Paulo

03 de julho de 2021 | 19h40

Manifestantes encapuzados invadiram e atearam fogo numa agência do banco Santander, na Avenida da Consolação, em São Paulo, no fim do ato contra o governo de Jair Bolsonaro na cidade. Um ponto de ônibus e a fachada de uma concessionária da Hyundai também foram depredados na mesma avenida.

Barricadas foram montadas na avenida e policiais militares formaram barreiras para conter o avanço de vândalos. De acordo com a PM, algumas pessoas atacaram com “coquetéis molotov”, mas não houve confronto. 

Os atos de vandalismo começaram cerca de uma hora depois que o ato deixou a Avenida Paulista. Os bombeiros atenderam a ocorrência e o incêndio na agência bancária foi rapidamente  contido. A polícia informou que agentes de trânsito e seguranças de estações de metrô teriam sido hostilizados por manifestantes. Um homem foi detido. 

Tudo o que sabemos sobre:
impeachmentJair Bolsonarovandalismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.