André Borges/Estadão
André Borges/Estadão

Delegado da PF, Marcelo Augusto Xavier é nomeado presidente da Funai

Xavier assume o posto no lugar de general que deixou o cargo após ser alvo de forte pressão de ruralistas

Luci Ribeiro e André Borges, O Estado de S.Paulo

19 de julho de 2019 | 08h35

BRASÍLIA - O governo federal formalizou no Diário Oficial da União de hoje a nomeação do delegado da Polícia Federal Marcelo Augusto Xavier da Silva para o cargo de presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), que voltou a ser vinculada ao Ministério da Justiça.

Xavier assume o posto no lugar do general Franklimberg Ribeiro de Freitas, que deixou o cargo em 11 de junho, após ser alvo de forte pressão de ruralistas.

Segundo o Estado apurou, o novo chefe do órgão agrada a bancada ruralista. Xavier atuou de forma ostensiva na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Funai, em 2016, tendo apoiado os parlamentares que apuravam supostas irregularidades na Fundação. A CPI foi combatida pelas organizações socioambientais.

Xavier foi ouvidor da Funai

Xavier foi ouvidor da Funai. Em 2017, ele chegou a pedir à Polícia Federal que tomasse “providências persecutórias” contra indígenas e ONGs no Mato Grosso do Sul, que atuassem para entrar em propriedades rurais envolvidas em litígios por ocuparem terras demandas pelos povos guarani e caiová.

A CPI da Funai, que contou com a atuação ostensiva de Xavier, foi extremamente combatida pelas organizações socioambientais. Em maio de 2017, quando seu relatório final foi concluído, a CPI tinha, entres seus 120 indiciados, uma pessoa morta em 2008. Na página 2.971 do relatório, a CPI indiciava Carlos Antonio Dai Prá, falecido em 2008. 

Novos dirigentes regionais do Incra e da Funasa

O Ministério da Agricultura nomeou mais dois novos superintendentes regionais do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), desta vez para os Estados do Pará e do Paraná. Para a unidade do Pará, foi nomeado Neil Duarte de Souza. Já no Paraná, o governo designou Walter Nerival Pozzobom para o posto. Ontem, a pasta já havia nomeado titulares para a Paraíba e para o município de Santarém (PA).

No Ministério da Saúde, também houve nomeações para a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) nos Estados do Pará e de Rondônia. Celio Lopes de Araujo Junior será o superintendente estadual em Rondônia e Mauro Rodrigues Bastos, no Pará.

As nomeações estão publicadas no Diário Oficial da União (DOU) de hoje, que também traz a exoneração de Cláudio André Neves do cargo de superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), vinculado ao Ministério da Infraestrutura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.