Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Bolsonaro vai a hotel do Exército e passa por manifestantes em frente ao STF, mas não para

Segundo auxiliares do presidente, ele teve um almoço com oficiais que já estava marcado há dias

Mateus Vargas, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2020 | 14h39

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro esteve no Hotel de Trânsito de Oficiais do Exército, em Brasília, no fim da manhã desta terça-feira, 21, feriado do Dia de Tiradentes. O Palácio do Planalto não informou o que Bolsonaro fez no local. Segundo auxiliares do presidente, ele teve um almoço com oficiais do Exército, que já estava marcado há dias.

Ao retornar ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro passou sem parar por cerca de 30 manifestantes. Eles estavam em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) com cartazes contra o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). Também havia manifestantes pedindo golpe militar, além  do fim do STF e do Congresso Nacional.

No último domingo, 19, Bolsonaro discursou em evento que pedia o fechamento do Congresso e do Supremo e novo AI-5. O presidente foi alertado por militares do governo que a ida ao ato não só pegou mal como expôs as Forças Armadas a uma situação constrangedora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.