Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Bolsonaro bate o martelo e vai para Dallas para receber prêmio

Presidente havia cancelado viagem a Nova York devido após declarações do prefeito da cidade, Bill de Blasio

Renata Agostini, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2019 | 19h53

BRASÍLIA - Após desistir de ir a Nova York receber uma homenagem da Câmara de Comércio Brasil-EUA, o presidente Jair Bolsonaro decidiu que irá a Dallas, nos Estados Unidos. A decisão foi tomada na tarde desta quarta-feira, 8. A intenção é que Bolsonaro receba o prêmio de Personalidade do Ano na cidade do Texas e faça ainda alguns encontros. Há expectativa, por exemplo, de que ele possa se reunir com o ex-presidente George W. Bush e com empresários americanos.

A desistência do presidente de ir a Nova York foi anunciada na semana passada pelo porta-voz, Otávio do Rêgo Barros. O motivo do cancelamento foi a repercussão negativa da presença do presidente no evento, previsto para o próximo dia 14. Algumas empresas desistiram de patrocinar o evento e houve pressão para que locais desistissem de ceder seus espaços para a festa.

Em nota, o porta-voz admitiu que Bolsonaro cancelou a ida aos Estados Unidos por causa dos protestos de diversos grupos e do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, que chegou a chamar Bolsonaro de “ser humano perigoso”.

Tudo o que sabemos sobre:
Jair BolsonaroDallas [Estados Unidos]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.