EFE/Hedeson Alves
EFE/Hedeson Alves

Ator americano Danny Glover pede liberdade de Lula em Curitiba

Embaixador da ONU para os direitos humanos e assuntos raciais, Glover acompanhou vigília realizada por centenas de simpatizantes do ex-presidente

O Estado de S.Paulo

31 Maio 2018 | 04h24

RIO DE JANEIRO - O ator e ativista americano Danny Glover, embaixador da ONU para os direitos humanos e assuntos raciais, pediu na quarta-feira, 30, em Curitiba, pela liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado a 12 anos de prisão por corrupção.

Glover acompanhou hoje o "Boa noite, Lula", uma vigília diária realizada por centenas de simpatizantes desde o dia 7 de abril, data em que o ex-presidente foi preso.

"Povo brasileiro, a minha presença aqui não é simbólica, estou aqui representando milhares de pessoas no mundo que exigem que Lula seja libertado", disse o ator, em um breve discurso. O ativista, que foi recebido com entusiasmo pelos seguidores do ex-presidente, afirmou que "Lula deve ser libertado" para "unir" o Brasil e continuar com as conquistas que obteve com o Partido dos Trabalhadores (PT) nos últimos 12 anos.

+ Lula está 'perplexo' com desabastecimento no País, diz deputado após visita na PF

Na sua mensagem, o ator destacou a humildade de Lula, exaltando seu "exemplo de perdão, exemplo de trabalho, exemplo de amor e a confiança em seu povo ressoam não apenas nesta região, mas no mundo todo e também no meu país".

Lula, que governou o Brasil entre 2003 e 2010, está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba, acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por um caso relacionado com as investigações da Operação Lava Jato. /EFE

+ Desembargador devolve a Lula benefícios de ex-presidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.