HENRIQUE BARRETO/FUTURA PRESS
HENRIQUE BARRETO/FUTURA PRESS

PSOL vai oficializar candidatura de Boulos em ato presencial em Campo Limpo

Pré-candidato diz que evento seguirá normas sanitárias contra a covid-19

Ricardo Galhardo, O Estado de S. Paulo

03 de setembro de 2020 | 15h35

Na contramão da maioria dos partidos, que optaram por eventos online, o PSOL vai oficializar a candidatura da chapa Guilherme Boulos e Luiza Erundina à Prefeitura de São Paulo com um ato presencial no sábado, 5, em uma comunidade do bairro do Campo Limpo, na zona sul da capital.

O objetivo, segundo Boulos, é reforçar aquilo que deve ser uma das principais marcas da campanha, a necessidade de priorizar a periferia da cidade. No evento, o pré-candidato do PSOL deve anunciar que, se eleito, vai instalar um gabinete itinerante e despachar a partir dos bairros afastados da cidade.

“É a primeira vez que uma convenção não acontece em um saguão de hotel ou centro de convenções do outro lado da ponte (do Rio Tietê). Uma campanha se faz também com símbolos. O que pretendemos fazer é uma inversão de prioridades”, disse Boulos.

Segundo ele, serão tomados todos os cuidados sanitários para evitar que os participantes corram risco de contaminação pelo novo coronavírus. As cadeiras dos cerca de 150 participantes serão dispostas a 1,5 metro de distância uma da outra, como recomendam os médicos. Todos serão obrigados a usar máscaras de proteção, haverá distribuição de álcool em gel e uma equipe médica vai medir a temperatura das pessoas. De acordo com Boulos, não haverá aglomeração. Apenas representantes comunitários e dirigentes do PSOL vão participar. O local escolhido foi o campo de futebol da comunidade Morro da Lua, no Campo Limpo, bairro onde o pré-candidato mora.

“Não vamos fazer nada que não esteja acontecendo em São Paulo. Vamos respeitar muito mais a segurança do que se faz no dia a dia da cidade, onde pessoas são obrigadas a andar em ônibus abarrotados”, disse ele.

Por causa da pandemia, a maioria dos partidos tem optado por convenções online para oficializar suas candidaturas. As exceções são o Novo, que decidiu por uma convenção drive-in, e o PTB, que fará o evento em sua sede estadual.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.