Agência Brasil/Rodger Timm/Ascom PSDB/Divulgação
Agência Brasil/Rodger Timm/Ascom PSDB/Divulgação

No RS, Ibope aponta tucano Eduardo Leite com 60% dos votos válidos

Ex-prefeito de Pelotas está à frente do candidato à reeleição, José Ivo Sartori (MDB), que tem 40%

Filipe Strazzer, O Estado de S.Paulo

23 de outubro de 2018 | 20h57

PORTO ALEGRE - Nova pesquisa Ibope de intenção de votos do segundo turno para governador do Rio Grande do Sul nas eleições 2018 aponta o candidato do PSDB, Eduardo Leite, novamente à frente do atual governador, José Ivo Sartori (MDB). Divulgado nesta terça-feira, 23, o levantamento mostra Leite oscilando para cima dentro da margem de erro, que é de 3 pontos. 

O tucano está com 60% dos votos válidos, 1 ponto a mais que na pesquisa anterior, do dia 17 de outubro. Sartori oscilou para baixo, foi de 41% para 40%. Os votos válidos são aqueles contabilizados após descarte dos votos brancos e votos nulos. A margem de erro é de 3 pontos para mais ou para menos.

Quando contabilizados os votos totais, incluindo brancos, nulos e abstenções, Eduardo Leite tinha 52% e agora está com 53% das intenções de voto. José Ivo Sartori ficou nos mesmos 36%. Brancos e nulos são 8%. Não sabe ou não respondeu, 3%.

Rejeição

O Ibope também apontou a rejeição de cada um dos candidatos. Com relação a Sartori, 27% dos eleitores votariam nele com certeza; 22% poderiam votar; 37% não votariam de jeito nenhum; 11% não o conhecem o suficiente para opinar; e 2% não sabe ou não respondeu.

Com relação a Leite, 38% dos eleitores votariam nele com certeza; 25% poderiam votar; 14% não votariam de jeito nenhum; 21% não o conhecem o suficiente para opinar; e 2% não sabe ou não respondeu.

O Ibope ouviu 1.204 pessoas, entre os dias 20 e 23 de outubro. A pesquisa foi encomendada pelo Grupo RBS e registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo RS-07227/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-06645/2018.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.