Ricardo Stucker/Divulgação
Ricardo Stucker/Divulgação

Lula diz que o PSB vai propor na sexta Alckmin como vice da chapa do PT

Segundo Lula, o PSB vai oficialmente propor o Geraldo Alckmin como candidato a vice-presidente em uma reunião com o ex-presidente na próxima sexta-feira

Natália Santos, O Estado de S.Paulo

05 de abril de 2022 | 10h17

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta terça-feira, 5, que o PSB vai apresentar o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) como vice para a sua chapa das eleições de 2022 durante uma reunião nesta sexta-feira, 8, em São Paulo. O nome, em seguida, será discutido com o PT, segundo o ex-presidente.

“Eu acho que eu e o Alckmin podemos estar juntos na chapa. Vou ter uma reunião na sexta-feira que o PSB vai propor o Alckmin de vice e vamos levar isso para discutir no PT", afirmou Lula em entrevista à Rádio Lagoa Dourada, no Paraná. "Você pode ficar certo que se nós estivermos juntos, nós vamos reconstruir o Brasil porque nós somos dois democratas, gostamos da democracia, exercemos a democracia e temos como prova o exercício dos nossos mandatos.”

Após 33 anos no PSDB, Alckmin se filiou ao PSB no dia 23 de março e usou a defesa da democracia como argumento para justificar a aliança com o ex-presidente Lula. “Alguns podem estranhar. Eu disputei com o presidente Lula uma eleição em 2006, fomos para o segundo turno, mas nunca colocamos em risco a questão democrática. O debate era de outro nível, nunca se questionou a democracia”, afirmou o ex-governador na ocasião.

O primeiro sinal público da aliança Lula-Alckmin ocorreu em 19 de dezembro, quando estiveram em um jantar organizado pelo grupo de advogados Prerrogativas, em São Paulo, e posaram juntos para foto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.