Reprodução
Reprodução

Bolsonaro retoma alimentação oral e tem boa evolução, diz boletim

Candidato do PSL, que levou uma facada em um evento de campanha em Juiz de Fora no dia 6, segue internado na Unidade de Terapia Semi-intensiva do Hospital Albert Einstein

O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2018 | 16h24

O candidato do PSL à Presidência nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, começou a alimentar-se por via oral com líquidos nesta quarta-feira, 19, indicou boletim médico divulgado nesta tarde pelo Hospital Albert Einstein. Ele também continua se alimentando por via endovenosa. A alimentação oral tinha sido interrompida depois de o paciente passar por uma cirurgia de emergência na semana passada

Bolsonaro, que levou uma facada em um evento de campanha em Juiz de Fora no dia 6, segue internado na Unidade de Terapia Semi-intensiva do hospital. 

Segundo o boletim, o paciente prossegue com boa evolução clínica, segue afebril, sem outros sinais de infecção e realizando exercícios respiratórios e caminhadas. 

Veja a íntegra do boletim:

São Paulo, 19 de setembro de 2018.

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, permanece internado na Unidade de Terapia Semi-Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein. O paciente prossegue com boa evolução clínica, iniciando hoje a alimentação líquida via oral, com boa tolerância, mantendo em associação à nutrição parenteral (endovenosa).

Segue afebril, sem outros sinais de infecção e realizando exercícios respiratórios e caminhadas.

Dr. Antônio Luiz Macedo, cirurgião

Dr. Leandro Echenique, clínico e cardiologista

Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.