Twitter/Jair Bolsonaro
Twitter/Jair Bolsonaro

Bolsonaro posta vídeo por dia do surdo e foto de visita de Fittipaldi

Candidato tem se mantido ativo na internet e publicou três mensagens em rede social na manhã de quinta

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2018 | 12h03

Internado no Hospital Israelita Albert Einstein, o candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, segue se manifestando por meio das redes sociais. Apenas na manhã desta quinta, foram três postagens no Twitter. Na primeira, Bolsonaro publicou um vídeo de sua esposa, Michelle, usando a linguagem de sinais, em homenagem do Dia Nacional do Surdo.

O vídeo veio acompanhado da hashtag "#DiadoSurdo". "A Michelle é minha esposa, sempre se dedicou a aprender com os deficientes auditivos. Aqui ela se apresenta, os parabeniza pela data, diz que ainda estamos no hospital, agradece o carinho e orações e que continuará lutando pela comunidade surda." 

Um hora depois, o candidato à Presidência escreveu um texto em que diz que, com a sua experiência no Congresso Nacional, sabe como funciona a estrutura pública. "Foram muitos projetos de lei em prol da segurança, em defesa das mulheres, além de recursos para a saúde e aprendizado com parlamentares sobre educação! No Executivo, juntos mudaremos o Brasil!", afirmou. 

Por fim, Bolsonaro publicou uma foto com o piloto Emerson Fittipaldi e a esposa, que foram visitá-lo no hospital, onde está desde o último dia 7 de setembro, após a facada que levou durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG), no dia 6.

Na sequência, retuitou uma mensagem de Fittipaldi, que se disse muito feliz em conhecer o capitão reformado. "Muito feliz e gratificante conhecer o Bolsonaro pessoalmente que tenho certeza que vai ser um governo que vai trabalhar para o povo e não o povo trabalhar para o governo. E fazer o Brasil prosperar, que eu desejo para meus filhos, meus Netos e as próximas gerações de brasileiros. Que Deus abençoe o Brasil".

Ao retuitar o texto, Bolsonaro disse que a satisfação era toda sua. "Um forte abraço, Grande Emerson!", escreveu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.