Vídeo de ala vazia em hospital da Paraíba circula sem contexto nas redes sociais

Vídeo de ala vazia em hospital da Paraíba circula sem contexto nas redes sociais

Equipe de unidade de saúde em João Pessoa comemorava redução em número de atendimentos, mas havia outros pacientes internados no hospital

Alessandra Monnerat

28 de abril de 2021 | 11h49

Um vídeo em que enfermeiras celebram o esvaziamento de leitos de UTI para pacientes de covid-19 circula sem contexto nas redes sociais. As imagens foram gravadas no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, da rede Unimed em João Pessoa, na Paraíba, em plantão entre os dias 30 e 31 de março. Embora a ala filmada estivesse vazia, havia outros leitos de UTI ocupados na mesma unidade.

De acordo com a Unimed João Pessoa, eram 148 internados com covid-19 no hospital em 30 de março, dos quais 77 estavam em UTI. No dia seguinte, eram 151 pacientes com coronavírus, 75 deles em UTI. Nesta quarta-feira, 28, são 65 internados na unidade de saúde, 35 em UTI.

No vídeo, enfermeiras cantam uma música religiosa em agradecimento. Uma das profissionais mostra os leitos vazios. É possível reconhecer o símbolo da Unimed em um dos computadores filmados.

A operadora de saúde esclareceu que a equipe comemorava uma redução no número de atendimentos, o que possibilitou que aquela ala estivesse sem pacientes. “O uso do vídeo em qualquer outro contexto que procure distorcer o fato em si é tendencioso e não verdadeiro”, informou a Unimed em nota.

A Unimed acrescentou ainda que “elaborou um plano de contingência que possibilita que os leitos de enfermaria ou de UTI sejam expandidos ou retraídos de acordo com a demanda de pacientes”. De acordo com a operadora de saúde, essa movimentação é feita quinzenalmente, de acordo com a necessidade e seguindo as tendências de disseminação do coronavírus. Leia a nota completa abaixo.

Documento

O hospital em João Pessoa lembrou que, apesar do cenário momentaneamente favorável, medidas de contenção do coronavírus ainda são necessárias, como distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos.

João Pessoa registrou 239 casos e 11 mortes por covid-19 nesta terça-feira, 27, segundo a plataforma SUS Analítico. Os dados da capital paraibana indicam que houve um pico de mortes registradas no final de março e no início de abril; ao longo deste mês, os números de óbitos tiveram queda. 

Ao todo, são 78.136 casos confirmados e 2.341 mortes em João Pessoa. Na Paraíba, foram 1.037 casos e 46 mortes nesta terça-feira. Desde o início da pandemia, foram 289.319 pessoas contaminadas e 6.722 vidas perdidas.

————-

Este vídeo foi checado por aparecer entre os principais conteúdos suspeitos que circulam no Facebook. O Estadão Verifica tem acesso a uma lista de postagens potencialmente falsas e a dados sobre sua viralização em razão de uma parceria com a rede social. Quando nossas verificações constatam que uma informação é enganosa, o Facebook reduz o alcance de sua circulação. Usuários da rede social e administradores de páginas recebem notificações se tiverem publicado ou compartilhado postagens marcadas como falsas. Um aviso também é enviado a quem quiser postar um conteúdo que tiver sido sinalizado como inverídico anteriormente.

Um pré-requisito para participar da parceria com o Facebook  é obter certificação da International Fact Checking Network (IFCN), o que, no caso do Estadão Verifica, ocorreu em janeiro de 2019. A associação internacional de verificadores de fatos exige das entidades certificadas que assinem um código de princípios e assumam compromissos em cinco áreas:  apartidarismo e imparcialidade; transparência das fontes; transparência do financiamento e organização; transparência da metodologia; e política de correções aberta e honesta. O comprometimento com essas práticas promove mais equilíbrio e precisão no trabalho.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.