Estadão Verifica recebe certificação de entidade internacional de fact checking
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Estadão Verifica recebe certificação de entidade internacional de fact checking

Blog de checagem é signatário de código de princípios que inclui compromissos com transparência, imparcialidade e precisão

Alessandra Monnerat

16 de janeiro de 2019 | 05h00

O Estadão Verifica agora é um dos signatários do código de princípios da International Fact Checking Network (IFCN), associação internacional de verificadores de fatos. Isso quer dizer que nossa equipe de checadores se compromete a aderir a uma série de exigências para garantir maior equilíbrio e precisão no trabalho.

Em todo o mundo, 61 iniciativas de checagem fazem parte da entidade. A lista inclui representantes dos Estados Unidos (Washington Post, Politifact), Reino Unido (Full Fact), Argentina (Chequeado), Itália (Pagella Politica) e vários outros países. No Brasil, o Verifica se junta a Agência Lupa e Aos Fatos.

Para obter a certificação da IFCN, o Estadão Verifica precisou mostrar comprometimento em cinco áreas: apartidarismo e imparcialidade; transparência das fontes; transparência do financiamento e organização; transparência da metodologia e política de correções aberta e honesta. Veja o que isso quer dizer:

1 – Apartidarismo e imparcialidade: nos comprometemos a checar todos os lados com equilíbrio.

2 – Transparência de fontes: nos comprometemos a apresentar evidências para todas nossas checagens.

3 – Organização e financiamento: nos comprometemos a assinar os textos para deixar claro quem são os autores de cada verificação. Os custos do Verifica são cobertos pelo Grupo Estado.

4 – Transparência de metodologia: nos comprometemos a checar fatos seguindo sempre a mesma metodologia. Entenda nosso método de verificação.

5 – Política de correções aberta e honesta: nos comprometemos a analisar todas os pedidos de retificação, que podem ser enviadas por formulário do Estado ou pelo e-mail estadaoverifica@estadao.com.  

A avaliação feita pela IFCN está aberta publicamente e pode ser conferida neste link (em inglês).

Tudo o que sabemos sobre:

fake newsfact checking

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.