Texto de apoio a Jair Bolsonaro não é de Arnaldo Jabor
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Texto de apoio a Jair Bolsonaro não é de Arnaldo Jabor

Texto apócrifo já vinha sendo compartilhado anteriormente nas redes sociais; agora, o próprio jornalista negou a autoria

Estadão Verifica

05 Setembro 2018 | 13h55

checagem abaixo foi publicada pelo Projeto Comprova. A verificação foi realizada por uma equipe de jornalistas da NSC Comunicação. Outras redações concordaram com a checagem, no processo conhecido como “crosscheck”: Poder 360, Gaúcha ZH, Band, Jornal do Commercio, Nexo, SBT e UOL.

Projeto Comprova é uma coalizão de 24 veículos de mídia com o objetivo de combater a desinformação durante o período eleitoral. Você pode sugerir checagens por meio do número de WhatsApp (11) 97795-0022.

Texto compartilhado nas redes sociais em que o cineasta e jornalista Arnaldo Jabor declara voto aberto ao deputado Jair Bolsonaro como única chance real “de derrotar a esquerda já no primeiro turno” é falso. O próprio Jabor nega a autoria.

A narrativa foi construída como se o autor perguntasse e ele mesmo respondesse. Em uma parte do texto, o autor pergunta: “Então por que vou votar no Bolsonaro?” E, na sequência, ele responde: “Porque o meu voto é contra a esquerda. Porque ele é a única opção que tenho! Ele é o único candidato que tem a chance real de derrotar a esquerda já no primeiro turno! Então o meu voto é dele desde o primeiro turno. Ele está na política tempo o suficiente e não se deixou corromper”.

Em seu canal oficial no YouTube, Jabor divulgou uma manifestação no último dia 2 de setembro desmentindo a autoria do texto: “Está circulando na internet um boato sórdido de que eu teria dito que votaria no Bolsonaro e no seu vice, Mourão. Isto é uma mentira, eu jamais faria isso…” declarou o cineasta.

O Comprova verificou que a mensagem circula em publicações de usuários no Facebook desde os últimos dias de agosto, mas inicialmente sem fazer menção a Arnaldo Jabor. Versões do mesmo texto, no entanto, passaram a ser compartilhadas pelo menos desde o último dia 30 de agosto com a assinatura e foto de Jabor. Também há registros do mesmo conteúdo falso no Twitter e em correntes do WhatsApp.

O Boatos.Org também já desmentiu o suposto apoio de Arnaldo Jabor a Bolsonaro. Em agosto, o jornal O Tempo esclareceu outra farsa envolvendo o nome de Jabor, depois que uma falsa conta atribuída ao cineasta defendeu a candidatura de João Amoêdo (Novo) no Twitter.

Mais conteúdo sobre:

comprovaarnaldo jaborjair bolsonaro