Quando a desinformação pode matar: bicarbonato de sódio não é remédio contra câncer
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quando a desinformação pode matar: bicarbonato de sódio não é remédio contra câncer

Artigo no Facebook alega que câncer é um fungo que pode ser curado com bicarbonato; oncologistas alertam para a total falta de sentido desse rumor

Julliana Martins, especial para o Estado

06 de maio de 2019 | 10h00

Cuidado: tem gente espalhando o boato de que o câncer é um fungo e que o bicarbonato de sódio poderia ajudar a curá-lo. O link com o conteúdo enganoso circula no Facebook, foi postado em 2018 e já tem 71,6 mil compartilhamentos.

Bicarbonato de sódio não deve ser usado para tratamento de câncer. Foto: Tszrkx [Public domain]/Wikimedia Commons

O oncologista Marco Aurélio Kulcsar, do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), alerta sobre a total falta de sentido desse rumor. Segundo o médico, a presença de bactérias e fungos pode até facilitar o surgimento da doença, mas o câncer ocorre quando uma mutação em determinadas células faz com que se transformem em tumores.

O tratamento de câncer não tem nada a ver com bicarbonato de sódio. “Se desse pra curar com bicarbonato, todos os problemas do mundo estariam resolvidos”, brinca Kulcsar. “Na maioria dos casos, para tratar o câncer é preciso fazer uma cirurgia e retirar o tumor. Após a cirurgia, o paciente ainda realiza radioterapia ou quimioterapia. Quanto mais precoce o diagnóstico, mais leve é o tratamento.”

Na publicação falsa, o italiano Tullio Simoncini é citado como o desenvolvedor da teoria. Segundo o texto, ele afirma ainda que o fungo do câncer se chama “Candida Albicans”. O oncologista Gustavo Fernandes, da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, explica que o fungo Candida Albicans existe, mas está associado a infecções orais e genitais, como o “sapinho” infantil, e à doença candidíase.

“É um germe relativamente comum, que pode aparecer em infecções mais simples e, em casos mais raros, em infecções como a do esôfago, por exemplo”, explica Fernandes. “Mas com câncer, nada tem a ver.”

O italiano Simoncini perdeu a licença médica em 2006, segundo reportagem da revista Istoé. Em 2012, ele foi condenado a cinco anos e seis meses de prisão por homicídio culposo e exercício inadequado da profissão após a morte de um paciente com tumor cerebral que foi submetido a um procedimento com bicarbonato de sódio pelo médico.

Boatos sobre uma suposta “cura do câncer” são bastante comuns. O Estadão Verifica já desmentiu uma história sobre a utilização da substância DCA para tratamento da doença.

Este conteúdo foi selecionado para checagem por meio da parceria de fact checking com o Facebook (leia mais aqui). A agência Lupa e o site E-farsas também publicaram uma verificação similar. Quer sugerir uma checagem para o Estadão Verifica? Envie uma mensagem para (11) 99263-7900.

Atualização: Esta checagem foi alterada no dia 08/05/2019 para corrigir a informação de que a candidíase é uma doença sexualmente transmissível. A doença pode ser transmitida por relações sexuais, mas não é considerada uma DST.

Tudo o que sabemos sobre:

câncerbicarbonato de sódiofake newsicesp

Tendências: