PF não apreendeu van com urnas eletrônicas adulteradas com votos para Haddad
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

PF não apreendeu van com urnas eletrônicas adulteradas com votos para Haddad

Instituição informou que não há nenhum registro de ocorrência do tipo

Estadão Verifica

06 Outubro 2018 | 13h34

checagem abaixo foi publicada pelo Projeto Comprova. A verificação foi realizada por uma equipe de jornalistas do Estado e da revista piauí. Outras redações concordaram com a checagem, no processo conhecido como “crosscheck”.

Projeto Comprova é uma coalizão de 24 veículos de mídia com o objetivo de combater a desinformação durante o período eleitoral. Você pode sugerir checagens por meio do número de WhatsApp (11) 97795-0022.

É falso que a Polícia Federal (PF) tenha feito uma apreensão de uma van com urnas eletrônicas adulteradas e que a Rede Record tenha noticiado isso, como indica uma mensagem que passou a circular no WhatsApp.

O boato afirma que, dos 152 equipamentos que teriam sido confiscados, 121 estariam “preenchidas com voto para o Haddad com pelo menos 72% dos votos”.

Procurada, a PF informou que não há registro de uma ocorrência do tipo. No site da instituição, também não existe qualquer referência a recolhimento de urnas eletrônicas.

Buscas no site da Record TV e no portal R7 não indicam nenhuma matéria recente sobre apreensão de urnas eletrônicas. Outros veículos de imprensa também não reportaram nenhum caso como o descrito na corrente.

O site E-farsas e a campanha do PT também desmentiram essa peça de informação.