Montagens grosseiras são compartilhadas no WhatsApp para sugerir proximidade entre Lázaro Barbosa e Lula

Montagens grosseiras são compartilhadas no WhatsApp para sugerir proximidade entre Lázaro Barbosa e Lula

São falsas imagens em que o ‘serial killer do DF’ aparece ao lado do ex-presidente

Thais Ferraz e Victor Pinheiro

21 de junho de 2021 | 17h54

São falsas as imagens em que Lázaro Barbosa, foragido acusado de matar uma família no Distrito Federal, aparece ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nos últimos dias, diversas montagens foram divulgadas nas redes sociais para sugerir uma proximidade inexistente entre o “serial killer do DF” e o petista. Embora a edição das fotos seja grosseira e algumas das montagens tenham sido compartilhadas como piadas, muita gente se confundiu. Leitores solicitaram a checagem deste conteúdo pelo WhatsApp do Estadão Verifica, 11 97683-7490.

Um dos boatos usa uma montagem feita a partir de uma foto tirada em 2014 durante reunião do ex-presidente Lula com estudantes de medicina brasileiros em Cuba, conforme artigo publicado no site do Instituto Lula. O texto que acompanha o boato alega que Lázaro tinha uma relação próxima com Lula. Não há evidências de que ele ou seus familiares já foram próximos do petista.

Outra montagem que circula nas redes mostra Lula segurando uma bandeira escrita “Lázaro é inocente”. Na foto original, aparece a frase “Lula é Inocente” com uma ilustração do ex-presidente, não de Lázaro Barbosa. A imagem foi registrada em novembro de 2019, após o petista deixar a sede da Polícia Federal em Curitiba, em que ficou preso por 580 dias.

Fotos com cartazes, bandeiras e outras superfícies similares são alvos frequentes de montagens que visam espalhar falsidades. Portanto, vale redobrar a atenção com esse tipo de conteúdo.

Outra montagem falsa mostra Lula abraçado com Lázaro Barbosa. A foto original, na verdade, retrata o ex-presidente ao lado de Guilherme Boulos, que concorreu à prefeitura de São Paulo pelo PSOL nas últimas eleições municipais. O clique foi registrado em abril de 2018, durante vigília na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, após o ex-juiz Sérgio Moro expedir uma ordem de prisão contra Lula. A foto original pode ser vista no site do Instituto Lula.

Também é montagem a foto em que Lázaro aparece ao lado de Lula e Guilherme Boulos. Na foto original o homem ao lado do ex-presidente e de Boulos é o cantor Chico Buarque. Há ainda a presença de João Paulo Rodrigues, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), na foto. A imagem foi tirada em agosto de 2016, em Brasília, quando Chico Buarque foi à capital federal acompanhar o depoimento da então presidente afastada Dilma Rousseff no plenário do Senado durante o processo de impeachment.

O ex-presidente Lula é alvo frequente de montagens nas redes sociais. O Estadão Verifica já checou, por exemplo, uma imagem em que o petista foi inserido em uma foto da prisão do ex-deputado Pedro Corrêa. Antes de compartilhar uma foto, faça uma busca reversa de imagens para pesquisar o contexto original.

O site Boatos.org também checou este conteúdo.

Tudo o que sabemos sobre:

fake news [notícia falsa]

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.