Estadão Verifica firma parcerias internacionais para combate à desinformação sobre coronavírus
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Estadão Verifica firma parcerias internacionais para combate à desinformação sobre coronavírus

Núcleo de checagem do 'Estado' faz parte de alianças internacionais e regionais para verificação de conteúdos enganosos sobre a covid-19

Estadão Verifica

06 de abril de 2020 | 13h00

Desde fevereiro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu que a crise do novo coronavírus desencadeou uma “infodemia”: uma pandemia de mentiras e boatos nas redes sociais. Diante desse cenário, a colaboração entre jornalistas torna-se uma ferramenta para tentar conter o grande fluxo de desinformação sobre o vírus. O Estadão Verifica, núcleo de checagem de fatos do Estado, se juntou a três alianças para desmentir informações falsas sobre a covid-19.

Saiba mais sobre as parcerias abaixo.

CoronavirusFacts / DatosCoronavirus Alliance

Desde janeiro deste ano, a International Fact-Checking Network (IFCN), entidade que certifica organizações de checagem de fatos, lidera este projeto com mais de 100 redações de 70 países. As verificações produzidas pelos checadores parceiros estão publicadas nesta base de dados, que reúne mais de 3 mil textos em 40 linguagens. Leia mais sobre.

LatamChequea Coronavirus

O site argentino Chequeado, pioneiro na prática do fact-checking na América Latina, organiza esta aliança entre os checadores da região. São 21 organizações de 14 países latino-americanos. As verificações publicadas pelo grupo estão nesta base de dados. O projeto também reúne as medidas de contenção do coronavírus tomadas pelos diferentes governos da América Latina.

Projeto Comprova

Desde 25 de março, o projeto Comprova iniciou um expediente especial sobre o novo coronavírus. Nesta iniciativa, 24 veículos compõem uma coalizão para checagem colaborativa de conteúdos virais sobre a pandemia da covid-19. O Estadão Verifica já havia participado de outras duas edições do Comprova: a primeira, durante as eleições de 2018, com verificações sobre os candidatos presidenciais; e a segunda, durante o primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro, com desmentidos sobre políticas públicas.

Veja todas as checagens sobre coronavírus publicadas pelo Estadão Verifica.

Tudo o que sabemos sobre:

fake news [notícia falsa]

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.