Coronavírus: áudio no WhatsApp exagera número de casos na Prevent Sênior
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Coronavírus: áudio no WhatsApp exagera número de casos na Prevent Sênior

Até esta quarta-feira, operadora de saúde registrou uma morte e 19 internações pela covid-19; áudio foi atribuído ao CEO do plano de saúde, Fernando Parrillo

Alessandra Monnerat

18 de março de 2020 | 13h40

Circula no WhatsApp um áudio falsamente atribuído ao CEO da operadora de saúde Prevent Sênior, Fernando Parrillo. O homem no áudio exagera o número de casos de infecções e óbitos pela covid-19 confirmados pelo plano de saúde. Em boletim divulgado às 12h30 desta quarta-feira, 18, a Prevent Sênior comunicou ter registrado uma morte por infecção do novo coronavírus. A assessoria de imprensa da operadora indicou que aguardava exames para confirmar se outras três mortes foram em decorrência da covid-19. Outros dois óbitos tiveram relação com o vírus descartada.

O áudio também aumenta o número de pessoas internadas na Prevent Sênior. A operadora comunicou que são 55 pacientes tratados com protocolo da covid-19; 26 estão na UTI e 29 aguardam acomodação apartamento. Do total de 55, 19 já testaram positivo para o novo coronavírus e o restante espera resultados de exames. Dos pacientes internados, oito são funcionários da Prevent Sênior.

Novo coronavírus. Foto: CDC/Divulgação

A operadora informou ainda ter feito 365 exames para diagnóstico da covid-19; 36 foram positivos e 59, negativos.

Além deste áudio falso, circulam no WhatsApp outros dois áudios atribuídos a Parrillo, que falam sobre o isolamento de um hospital da operadora no Paraíso, em São Paulo. Essas informações foram confirmadas pelo jornal Folha de S. Paulo e pelo site Antagonista.

Acompanhe a cobertura em tempo real do Estado sobre o novo coronavírus.

Confira as respostas a 115 dúvidas sobre a covid-19.

Veja outras informações falsas sobre o coronavírus que circulam no WhatsApp.

Tendências: