Vereador expulso do Patriota por criticar Flávio Bolsonaro vai se filiar ao PSL

Vereador expulso do Patriota por criticar Flávio Bolsonaro vai se filiar ao PSL

Marianna Holanda

22 de junho de 2021 | 19h22

Coluna do Estadão

O vereador de São Paulo e coordenador do MBL Rubinho Nunes vai se filiar ao PSL. Ele foi expulso do Patriota após criticar a chegada de Flávio Bolsonaro no partido.

“Amanhã (quarta-feira) confirmo minha filiação ao PSL com o objetivo de pavimentar a vinda do Arthur do Val para o partido, para concorrer a governador em 2022. E um dos objetivos também é justamente expurgar qualquer resquício bolsonarista do partido”, disse à Coluna.

Rubinho teve encontro com deputado federal Júnior Bozzella (PSL-SP), na tarde desta terça-feira, 22, na Câmara dos Vereadores de São Paulo, para ajustar o termos finais de sua filiação.

Arthur Do Val, que foi candidato à Prefeitura em 2020, deve ser o nome do partido ao governo do Estado. Outro membro do MBL que deve seguir os dois, quando houver no próximo ano a janela partidária, é o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.