PT aposta na divisão da centro-direita em SP e tenta acordo com Boulos

Alberto Bombig, Camila Turtelli e Matheus Lara

Atualizamos nossa política de cookies

Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.

Guilherme Boulos. FOTO: WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Convicto da viabilidade eleitoral de Fernando Haddad na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes, o PT-SP tentará uma composição com Guilherme Boulos. Uma das ideias é convencer o pré-candidato do PSOL a desistir de concorrer ao governo em troca de receber o apoio de Lula e dos petistas em 2026, na eleição para a Prefeitura. Segundo apurou a Coluna, o PT nunca se sentiu tão bem posicionado na luta pela inédita vitória no Estado de São Paulo como se sente agora: a estratégia, porém, passa pela (difícil) unificação total da esquerda e pela divisão da direita, que já tem as pré-candidaturas de Rodrigo Garcia (PSDB), Arthur do Val (Patriota) e Tarcísio Gomes de Freitas (ainda sem partido).

NA ESTRADA. No final do ano passado, o PSOL reafirmou o compromisso com a pré-candidatura de Boulos ao Bandeirantes. Em 2020, ele foi derrotado no segundo turno da disputa pela Prefeitura da capital.

RUIM COM ELE… Quem defende a ideia de Boulos ficar fora este ano para receber o apoio do PT em 2026 avalia que ele só tem a ganhar com a proposta.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

…PIOR SEM ELE. Se Lula for eleito presidente, será um importante cabo eleitoral nas eleições municipais: poderá ajudar Boulos ou turbinar um nome do PT na capital para enfrentar até o próprio Boulos.

DE MUDANÇA. Lançado pré-candidato ao governo paulista por Jair Bolsonaro, Tarcísio Gomes de Freitas ainda mantém domicílio eleitoral em Brasília. O ministro tem até maio para escolher seu novo CEP.

CLOSE UP. Adversários de Lula sentiram falta de José Dirceu na foto divulgada recentemente nas redes sociais do ex-presidente. Como mostrou a Coluna, ainda em outubro de 2021, o ex-ministro, condenado no mensalão, tem participado das articulações petistas.

CLOSE UP 2. Dirceu deve ter sido o diretor de fotografia da sessão, cutuca um desses adversários. Em uma das fotos, Lula, Dilma Rousseff, Gleisi Hoffmann e Aloizio Mercadante sorriem candidamente. Já se esqueceram do mensalão, do petrolão, da recessão…

SINAIS PARTICULARES

José Dirceu (PT), ex-ministro da Casa Civil

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES

SURRA DE VOTOS. Um amigo de longa data de Geraldo Alckmin reconhece que deve ser mesmo difícil para Luiz Marinho, presidente do PT-SP, “engolir” o ex-tucano ao lado de Lula. Afinal, Alckmin aplicou três sovas no PT-SP na disputa pelo governo (duas em primeiro turno): 2002, 2010 e 2014.

DIVERSIDADE. O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e o deputado Tadeu Alencar (PSB-PE) estão entre os participantes do Programa Lideranças Públicas 2022, que começou este mês e segue até junho, da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (Raps).

DIVERSIDADE 2. Ao todo foram selecionadas 80 lideranças de todo o País e de 18 partidos políticos, sendo que 47 delas já participam da Raps. Dos aprovados, 45% são mulheres.

PRONTO, FALEI!

Randolfe Rodrigues. FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADÃO

Randolfe Rodrigues, senador (Rede-AP): “Governadores congelaram ICMS por 90 dias, mas a gasolina continua aumentando. Não há proposta do governo federal. Então, de quem é a culpa?”

CLICK

Domingos Neto, deputado federal (PSD-CE)

FOTO: COLUNA DO ESTADÃO

Parlamentar foi pioneiro na onda de colocar seu nome como um possível participante do BBB, reality show da TV Globo. A brincadeira ‘viralizou’ depois.

COLABOROU ITALO BERTÃO FILHO

Guilherme Boulos. FOTO: WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Convicto da viabilidade eleitoral de Fernando Haddad na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes, o PT-SP tentará uma composição com Guilherme Boulos. Uma das ideias é convencer o pré-candidato do PSOL a desistir de concorrer ao governo em troca de receber o apoio de Lula e dos petistas em 2026, na eleição para a Prefeitura. Segundo apurou a Coluna, o PT nunca se sentiu tão bem posicionado na luta pela inédita vitória no Estado de São Paulo como se sente agora: a estratégia, porém, passa pela (difícil) unificação total da esquerda e pela divisão da direita, que já tem as pré-candidaturas de Rodrigo Garcia (PSDB), Arthur do Val (Patriota) e Tarcísio Gomes de Freitas (ainda sem partido).

NA ESTRADA. No final do ano passado, o PSOL reafirmou o compromisso com a pré-candidatura de Boulos ao Bandeirantes. Em 2020, ele foi derrotado no segundo turno da disputa pela Prefeitura da capital.

RUIM COM ELE… Quem defende a ideia de Boulos ficar fora este ano para receber o apoio do PT em 2026 avalia que ele só tem a ganhar com a proposta.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

…PIOR SEM ELE. Se Lula for eleito presidente, será um importante cabo eleitoral nas eleições municipais: poderá ajudar Boulos ou turbinar um nome do PT na capital para enfrentar até o próprio Boulos.

DE MUDANÇA. Lançado pré-candidato ao governo paulista por Jair Bolsonaro, Tarcísio Gomes de Freitas ainda mantém domicílio eleitoral em Brasília. O ministro tem até maio para escolher seu novo CEP.

CLOSE UP. Adversários de Lula sentiram falta de José Dirceu na foto divulgada recentemente nas redes sociais do ex-presidente. Como mostrou a Coluna, ainda em outubro de 2021, o ex-ministro, condenado no mensalão, tem participado das articulações petistas.

CLOSE UP 2. Dirceu deve ter sido o diretor de fotografia da sessão, cutuca um desses adversários. Em uma das fotos, Lula, Dilma Rousseff, Gleisi Hoffmann e Aloizio Mercadante sorriem candidamente. Já se esqueceram do mensalão, do petrolão, da recessão…

SINAIS PARTICULARES

José Dirceu (PT), ex-ministro da Casa Civil

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES

SURRA DE VOTOS. Um amigo de longa data de Geraldo Alckmin reconhece que deve ser mesmo difícil para Luiz Marinho, presidente do PT-SP, “engolir” o ex-tucano ao lado de Lula. Afinal, Alckmin aplicou três sovas no PT-SP na disputa pelo governo (duas em primeiro turno): 2002, 2010 e 2014.

DIVERSIDADE. O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e o deputado Tadeu Alencar (PSB-PE) estão entre os participantes do Programa Lideranças Públicas 2022, que começou este mês e segue até junho, da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (Raps).

DIVERSIDADE 2. Ao todo foram selecionadas 80 lideranças de todo o País e de 18 partidos políticos, sendo que 47 delas já participam da Raps. Dos aprovados, 45% são mulheres.

PRONTO, FALEI!

Randolfe Rodrigues. FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADÃO

Randolfe Rodrigues, senador (Rede-AP): “Governadores congelaram ICMS por 90 dias, mas a gasolina continua aumentando. Não há proposta do governo federal. Então, de quem é a culpa?”

CLICK

Domingos Neto, deputado federal (PSD-CE)

FOTO: COLUNA DO ESTADÃO

Parlamentar foi pioneiro na onda de colocar seu nome como um possível participante do BBB, reality show da TV Globo. A brincadeira ‘viralizou’ depois.

COLABOROU ITALO BERTÃO FILHO

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato