Inquérito de Aras dá esperança aos alvos dos ataques

Inquérito de Aras dá esperança aos alvos dos ataques

Coluna do Estadão

21 de abril de 2020 | 05h00

Foto: Gabriela Biló

Apesar de não citar Jair Bolsonaro, o inquérito pedido pela PGR para investigar as manifestações e os movimentos antidemocráticos fez olhos brilharem de esperança nos bastidores dos mundos jurídico e político. As investigações do STF, agora respaldadas pelo Congresso, podem dar respostas que a CPI de Fake News, por exemplo, ainda não obteve. Quem são os donos dos perfis que promovem esses atos e propagam essas ideias? São financiados por alguém? Como são confeccionadas as faixas? Há apoio político do governo ou do clã Bolsonaro?

Tensão. Do ex-presidente Michel Temer: “É preocupante verificar que, após 31 anos de vigência de uma Constituição democrática, grupos agridam o Legislativo e o Judiciário, suportes da democracia”.

Tensão 2. “Todos sabemos que a Constituição determina a harmonia entre os Poderes. A desarmonia é inconstitucional sob o foco jurídico e desastrosa sob o prisma político. Não há espaço para aventuras”, completa o ex-presidente.

Recadinho… O grande incômodo repassado por generais estrelados da reserva a militares no governo teve mais a ver com o simbolismo de o presidente participar do ato em frente ao QG do Exército.

… pra você. Quanto ao conteúdo das críticas de Bolsonaro, concordam, reservadamente, que o presidente está tendo o governo “inviabilizado” por decisões do Supremo e do Congresso.

Com propriedade. Ronaldo Caiado (DEM-GO), mais uma vez, foi o autor de uma das estocadas mais sentidas pelo bolsonarismo: “Nunca transigi de dois princípios, a defesa da vida e da democracia”, disse o governador, que desde os anos 1980 também não transigiu com os valores de direita e o combate à esquerda.

Xi… Com o preço do petróleo abaixo de zero, uma coisa é dada como certa em Brasília: a derrocada da Venezuela. O produto é vital para o país vizinho.

SINAIS PARTICULARES.

Nelson Teich, ministro da Saúde

Kleber Sales

Chegou chegando. No seu primeiro dia útil de trabalho à frente do Ministério da Saúde, Nelson Teich participou de videoconferência com governadores do Nordeste e prometeu reuniões periódicas. A ver.

CLICK. A primeira-dama do Rio, Helena Witzel, fez aniversário no último dia 16. Trocou presentes por cestas básicas para as famílias atingidas pelos desdobramentos da covid-19.

Em… A atuação de Patricia Ellen nas reuniões do secretariado paulista rendeu a ela o apelido entre colegas e assessores de “ombudsman”: dá palpites sobre todas as áreas.

…todas. Patricia Ellen comanda área vital na crise: o Desenvolvimento Econômico, secretaria que será cobrada a mostrar mais serviço com o plano de reabertura que será anunciado.

PRONTO, FALEI!

Geraldo Magela/Agência Senado

Mauro Silva, presidente da Unafisco: ““Com os ataques à democracia de Bolsonaro, Maia flerta com a prevaricação. Talvez seja o caso de considerar desengavetar os pedidos de impeachment.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA. 

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: