Governo paga salário de mais de R$ 20 mil na EBC

Governo paga salário de mais de R$ 20 mil na EBC

Coluna do Estadão

19 Julho 2018 | 05h30

Presidente Michel Temer

A EBC, empresa do governo que administra rádio, TV e uma agência online, tem na sua folha de pagamento ao menos 83 empregados que recebem mais de R$ 20 mil por mês, além de outros benefícios. Entre os concursados, o maior vencimento é de R$ 35,8 mil de uma funcionária do setor de contabilidade. Por ser mais do que o salário de um ministro do Supremo (R$ 33,7 mil), sofre o abate-teto. Há cinegrafistas que receberam, em maio, R$ 25 mil (a iniciativa privada paga, em média, R$ 4 mil) e uma secretária, R$ 27,8 mil, mesmo salário de um juiz em início de carreira. A carga horária varia de seis a oito horas de trabalho por dia.

Destino do dinheiro. Do orçamento de R$ 726 milhões da EBC para este ano, 56% é referente a despesas com pessoal e encargos sociais. A Coluna revelou ontem que os funcionários têm benefícios como poder faltar ao trabalho para acompanhar parentes em consultas odontológicas.

LEIA MAIS: EBC registra farra de atestados médicos de funcionários

Com a palavra. A EBC informa que os “vencimentos mais altos concentram-se entre os empregados que “obtiveram progressão salarial em décadas de carreira” ou que “recorreram à Justiça para incorporar valores a sua remuneração”. Os dados são públicos.

Xeque-mate. A direção do PSB se reúne no próximo dia 30 para definir a posição do partido na eleição presidencial. Vai para a convenção nacional, dia 5 de agosto, com a decisão tomada. O secretário-geral, Renato Casagrande, diz que a tendência é aprovar o apoio a Ciro Gomes (PDT).

Aceita que dói menos. O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), foi aconselhado a desistir de tentar convencer o PT a retirar a candidatura de Marília Arraes, sua principal opositora no Estado, em troca da neutralidade do seu partido na eleição presidencial.

Preço alto. O PT só aceita retirar o nome de Marília mediante coligação nacional das duas legendas na eleição presidencial. Tese já rejeitada pelos pessebistas. “Tá faltando Lexotan em Pernambuco”, provoca Silvio Costa (Avante), que disputa o Senado na chapa da petista.

Chapa pura. Os dois autores do impeachment de Dilma Rousseff estão cotados para vice-presidente. Janaina Paschoal, do candidato Jair Bolsonaro (PSL); e Miguel Reali, do presidenciável Alvaro Dias (Podemos).

SINAIS PARTICULARES: Janaina Paschoal, autora do impeachment de Dilma Rousseff; por Kleber Sales

Se arrependimento… Dirigentes petistas que optaram pela candidatura da filósofa Márcia Tiburi ao governo do Rio de Janeiro estão arrependidos da escolha que fizeram. Avaliam que ela pode atrapalhar o plano de fazer uma bancada grande na Câmara.

… matasse. A gaúcha Márcia é desconhecida do eleitor fluminense. Por seu perfil, disputa o voto classe média alta da capital, mas será um peso para os deputados com base no interior. Fora que gastará recursos que poderiam ser destinados às campanhas deles.

CLICK. Um dia após nomear uma telefonista e um assistente técnico para função gratificada de Chefe de Equipe Aduaneira na alfândega de Itajaí, a Receita Federal recuou.

 

FOTO: Reprodução Diário Oficial

Com a palavra. A assessoria da superintendência da 9.ª Região da Receita Federal disse que “as nomeações seriam para área de atendimento e não para equipes aduaneiras”, mas não justificou por que razão então voltou atrás.

A caminho. A startup Thinkseg, que comprou a Bidu Corretora, negocia com grandes bancos um modelo nos moldes da parceria da XP com a Itaú. A ideia é usar a estrutura da instituição financeira para vender seguro por meio de sua plataforma.

COM A PALAVRA: 

Senador Alvaro Dias (PODEMOS-PR)

“Alckmin pode juntar todos os partidos, que nem assim ganha”, DO PRESIDENCIÁVEL ALVARO DIAS (PODEMOS) sobre a insistência do PSDB em convidá-lo para ser vice na chapa tucana ao Palácio do Planalto.

COM REPORTAGEM DE NAIRA TRINDADE E JULIANA BRAGA

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadão