Governadores acionam EUA e OMS para evitar mais mortes

Governadores acionam EUA e OMS para evitar mais mortes

Coluna do Estadão

26 de maio de 2021 | 05h00

Foto: Ed Ferreira/Estadão

Em nome do Fórum de Governadores, Wellington Dias (PT-PI) enviou cartas diretamente ao presidente dos EUA, Joe Biden, e ao diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, em busca de “ajuda humanitária” contra a covid-19. No caso dos americanos, muito adiantados no processo de imunização, o pedido é direto: o fórum quer o envio de doses de vacinas ao Brasil. À organização, Dias solicita a antecipação do calendário do consórcio Covax Facility. Como justificativa, a carta cita a ameaça de uma terceira onda no País e a disseminação de novas cepas.

Olha… Dias pede pelo menos 10 milhões dos 80 milhões de doses prometidas por Biden a outras nações. Os governadores querem o apoio da OMS na transferência de tecnologia de vacinas ao Brasil, garantindo autonomia na produção.

…nós aqui. No documento, dizem que só as vacinas e a produção doméstica de insumos “poderão reverter a inaceitável previsão de mais 200 mil mortes até setembro deste ano”.

Help. “Essa trágica situação faz com que o Brasil figure, junto com a Índia, na classificação de alto risco, caracterizando-o como potencial deflagrador de grave crise social e econômica sem precedentes, com consequências negativas para além das suas fronteiras”, diz trecho das cartas.

Ajude… Os governadores também enviaram ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, solicitando o reforço do governo federal nos pedidos de ajuda.

…aí. Pedem ainda que a Saúde antecipe a entrega das vacinas da Pfizer, da AstraZeneca e do Butantan e que atue para facilitar a importação da Janssen.

Na ponta… Governador do Maranhão, primeiro Estado a identificar a cepa indiana da covid-19, Flávio Dino (PCdoB) recorreu ao STF em favor da liberação da Sputnik V pela Anvisa.

…do lápis. “O ministro (da Saúde) me falou de 300 mil doses de vacinas que devem chegar ao Maranhão. Da Sputnik V seriam 4 milhões (compradas pelo Estado). Ou seja, estamos falando de um incremento muito expressivo e decisivo”, diz Dino.

Ambiente. Depoente na CPI amanhã, 27, Dimas Covas desembarcou na noite de ontem, 25, em Brasília, junto com assessores. Quer entrar no clima de preparação. Ele é considerado peça fundamental no quebra-cabeça dos três ofícios de compra da Coronavac.

CLICK. Como a Coluna antecipou, o Movimento Acredito ergueu em Brasília o “Cloroquino”: “pixuleco” de 13 metros de Bolsonaro com uma caixa de cloroquina na mão.

Coluna do Estadão

 

SINAIS PARTICULARES. 

Marcelo Freixo, deputado federal (PSOL-RJ)

Kleber Sales

Help! O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) encaminhou ofício a 24 embaixadas (dos EUA e de países da Europa) pedindo apoio a denúncias internacionais sobre a política “antiambiental” de Bolsonaro.

Help! 2. Freixo inicia a carta falando da operação da PF contra Ricardo Salles e enumera as chamadas medidas “antiambientais” do governo, as queimadas e os cortes no Orçamento.

PRONTO, FALEI!

Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Ethel Maciel, epidemiologista: “Opinião é livre, mas usá-la como política pública, enganando com falsa cura, se chama charlatanismo”, sobre a defesa da cloroquina no tratamento da covid-19.

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG E MARIANNA HOLANDA

Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.