Expectativa é vacinar 5% da população de cada cidade em primeira fase, diz presidente da FNP

Expectativa é vacinar 5% da população de cada cidade em primeira fase, diz presidente da FNP

Coluna do Estadão

15 de janeiro de 2021 | 05h10

Foto: Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas

A distribuição das vacinas contra a covid-19 entre os municípios do País será proporcional ao número de habitantes. De acordo com o presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Jonas Donizette, a expectativa é de que cada cidade consiga imunizar entre 4% e 5% da sua população na primeira fase da vacinação, levando em conta que estarão disponíveis 8 milhões de doses (Coronavac e Astrazeneca). No Norte, porém, a conta deverá ser um pouco diferente por causa da população indígena, que terá prioridade.

A questão foi discutida por ele e outros prefeitos em reunião com o Ministério da Saúde nesta quinta-feira, 14. Donizette também afirmou à Coluna que, embora o sistema de saúde de Manaus tenha colapsado com o avanço rápido de casos de covid-19, ele não vê a possibilidade de isso acontecer no restante do País.

Os 130 prefeitos que estavam na reunião com Eduardo Pazuello pediram ao ministro o reforço na segurança dos municípios para a vacinação contra a covid-19. Temem que quadrilhas especializadas no ataques aos bancos possam roubar vacinas.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública irá coordenar a segurança da logística do recebimento, transporte e armazenamento das vacinas, inicialmente com a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal. Quando as doses chegarem aos Estados, as polícias militar e civil passarão a atuar também.

LEIA TAMBÉM: Telegram vira refúgio para os negacionistas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.