Estados ainda negociam vacinas com laboratórios

Estados ainda negociam vacinas com laboratórios

Coluna do Estadão

26 de janeiro de 2021 | 05h00

Reprodução/Twitter

Diante das incertezas na busca pelas vacinas, governadores mantém conversas diretamente com fabricantes. “Estamos apostando tudo na estratégia nacional, mas não paramos as conversas com os laboratórios”, disse à Coluna Renato Casagrande (PSB-ES). Ele avalia que uma eventual compra possa ser feita em cerca de dois meses, quando haverá mais doses disponíveis de diferentes imunizantes. Em São Paulo, Eduardo Leite (PSDB-RS) fará nesta terça, 26, rodada de conversas com os representantes de duas vacinas, a da Pfizer e a da Sputnik V.

Já vi esse filme. Há o temor de que o governo federal “requisite” as doses compradas pelos Estados.

‘Branding’. O marqueteiro de Eduardo Pazuello, Marquinhos Show, está marcando reuniões com a equipe de comunicação das secretarias de saúde estaduais para acompanhar o andamento da campanha de vacinação e alinhar estratégias.

Opa… Jair Bolsonaro tentou surfar a onda da liberação dos insumos da China para a Coronavac, mas foi para Michel Temer que o embaixador chinês, Yang Wanming, ligou diretamente para dar a boa notícia.

…lá vem ele. Na conversa, anterior ao anúncio de Bolsonaro, o diplomata sinalizou que o processo seria acelerado. O blog da Coluna antecipou a notícia.

CLICK. O governador do DF, Ibaneis Rocha, do MDB (à dir.), viu in loco a produção do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) da Sputnik V, em visita à fábrica da União Química, em Brasília.

Foto: RENATO ALVES / AGÊNCIA BRASÍLIA

Na… Quando ouvem reclamações de empresários de que o ajuste fiscal de João Doria, com fim de benefícios, vai aumentar preços de produtos, representantes do governo paulista costumam sacar tabela feita a pedido do secretário Mauro Ricardo (Gestão).

…ponta da… Os dados mostram quanto alguns produtos subiram quando vigoravam os benefícios fiscais. Não foi pouco, não.

…língua. Recentemente, o chororô veio do setor automotivo. A equipe de Henrique Meirelles (Fazenda) lembrou que o setor manteve por quase 30 anos desconto de mais de 90% na alíquota padrão do Estado.

Diga aí. Candidato a presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) diz que pretende “dar voz” aos deputados. Ele encerra a série de ilustrações dos candidatos na Coluna.

LEIA TAMBÉM: Apex publica lista de livros de “desafetos” de Bolsonaro

SINAIS PARTICULARES.
Arthur Lira, deputado federal (PP-AL) e candidato à Presidência da Câmara

Ilustração: Kleber Sales

PRONTO, FALEI! 

Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos Pela Educação: “MEC só sabe falar com quem aceita participar da guerra cultural que promove como projeto e como cortina de fumaça para esconder incompetência”.

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA

Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.