Câmara é contestada por doações de bens para bases eleitorais

Câmara é contestada por doações de bens para bases eleitorais

Coluna do Estadão

09 Julho 2018 | 06h00

Plenário da Câmara dos Deputados. Foto: Nilton Fukuda/Estadão

A Câmara dos Deputados terá que explicar os critérios para a doação de bens da Casa. A Coluna do Estadão revelou que objetos foram doados no final de 2017, mas estão sendo distribuídos só agora às vésperas do ano eleitoral. No total, somam R$ 4,3 milhões.

O pedido partiu do líder do PSOL, deputado Chico Alencar. No ofício, ele questiona os critérios que a Câmara usa para considerar o material a ser doado obsoleto e os cuidados da Casa para evitar o uso político eleitoral das doações pelos deputados.

LEIA MAIS: Deputados doam bens da Câmara em bases eleitorais