Em disputa com PP por Bolsonaro, PL topa ceder diretórios ao presidente

Em disputa com PP por Bolsonaro, PL topa ceder diretórios ao presidente

Alberto Bombig

25 de outubro de 2021 | 21h53

Numa tentativa arrojada de atrair Jair Bolsonaro para o partido, o PL estaria disposto a entregar para o presidente o controle dos diretórios de ao menos três Estados. Um deles é São Paulo, onde Bolsonaro pretende lançar o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, como candidato a governador em 2022.

Apesar de ter perdido cacife após ter deixado o PSL, Bolsonaro tem convite de outras siglas, entre elas, o PP, que estaria mais perto de acertar a filiação dele. Como mostrou o blog da Coluna, o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, gravou nesta segunda-feira, 25, um vídeo em que reforça ao presidente, aos filhos dele e apoiadores o convite para o grupo se filiar ao partido.

No Twitter, Flávio Bolsonaro agradeceu ao convite de Costa Neto e indicou a formação de uma aliança para 2022: “Agradeço o honroso convite para filiação ao PL. Sigo aguardando decisão do presidente sobre nosso futuro partidário, que também pode passar pelo PP. Meu desejo é estarmos juntos, numa grande frente para continuar melhorando nosso país.”

Foto: José Dias/Planalto

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.