Atos escancaram pauta petista do ‘Lula livre’

Atos escancaram pauta petista do ‘Lula livre’

Coluna do Estadão

14 de agosto de 2019 | 05h00

As manifestações convocadas por estudantes foram marcadas ontem pela pauta monotemática do PT: tirar Lula da prisão. Em SP, a Paulista foi tomada por cartazes, camisetas e bandeiras pela libertação do petista. No Rio, manifestantes chegaram a entoar o coro “Lula livre”. Planalto e Educação comemoraram nos bastidores. Avaliam que, três meses após Jair Bolsonaro ter chamado os estudantes de “idiotas úteis” (e depois ter reconhecido um “exagero” na frase), o movimento se enfraqueceu e demonstrou ser “manipulado” pela esquerda.

Natural… Petistas atribuíram a prevalência do Lula livre ao “tensionamento” político provocado pela divulgação das supostas mensagens trocadas entre Sérgio Moro e os procuradores da Lava Jato e lembraram que a UNE apoia o movimento Lula livre.

…mas nem tanto. A Coluna apurou, no entanto, que o PT viu nos atos uma oportunidade para angariar apoio e pressionar o STF a soltar Lula, preso em Curitiba. Para ajudar a engrossar os atos e fornecer estrutura, o partido e os sindicatos impuseram sua agenda.

Para lembrar. Nos protestos contra cortes na educação, em maio, a presença de partidos e de sindicatos foi menor e a adesão da sociedade civil, maior.

CLICK. O deputado federal do PRB-BA João Roma (à dir.) compartilhou veículos em São Paulo com os colegas Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES).

FOTO: JOÃO ROMA/DIVULGAÇÃO

Mais um… Renan Calheiros protocolou uma nova reclamação disciplinar contra o coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, e Eduardo Pelella, chefe de gabinete de Rodrigo Janot. O senador quer a demissão dos procuradores.

…pra conta. O senador alega no Conselho Nacional do Ministério Público a “violação dos deveres funcionais” com base nas supostas conversas entre ambos. Pelella teria enviado a Dallagnol o endereço do ministro Dias Toffoli.

Nova… Janaína Paschoal comentou com um grupo de senadores que Davi Alcolumbre está cada dia mais parecido com Renan Calheiros, seu antecessor.

…política? A jurista e deputada estadual do PSL-SP não conseguiu entregar ao atual presidente do Senado seu pedido de impeachment de Dias Toffoli.

Sinal… Ala pragmática do PSL vê na expulsão de Alexandre Frota um grande erro de cálculo (certamente apoiado pelo governo): o deputado é falastrão e bom frasista, uma bomba-relógio. Vai se unir à tropa dos bolsonaristas enxotados (Bebianno, Santos Cruz e Paulo Marinho) para falar mal do presidente.

…trocado. Para essa ala, o que pareceu um gol de placa, uma “lição” aos mais rebeldes, foi sorte grande para João Doria. Frota já era próximo do governador e agora será um ativo eleitoral do governo tucano.

Professor. João Amoêdo, presidente nacional do Novo, fará um périplo de palestras este mês em São Paulo. O presidenciável falará a alunos do Colégio Bandeirantes, da USP e da Faap.

SINAIS PARTICULARES
Paulo Uebel, secretário de Desburocratização

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES/ESTADÃO

Segunda… O secretário de Desburocratização do Ministério da Economia, Paulo Uebel, diz que o governo quer resgatar pontos deixados fora da MP da Liberdade Econômica, desidratada na última hora.

…chance. O resgate, segundo ele, se dará em novos projetos de lei ou nos que já estão no Congresso.

PRONTO, FALEI!

Deputado Silvio Costa Filho. FOTO: PABLO VALADARES/CÂMARA DOS DEPUTADOS

Silvio Costa Filho, deputado federal (PRB-PE): “Bolsonaro precisa entender que quem faz oposição são os governadores, não os nordestinos. Queremos que o Brasil dê certo e volte a gerar emprego.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, JULIANA BRAGA E MARIANNA HOLANDA

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Tendências: