Apex tira de site indicações de livros com ‘desafetos’ de Bolsonaro

Apex tira de site indicações de livros com ‘desafetos’ de Bolsonaro

Coluna do Estadão

26 de janeiro de 2021 | 05h15

Reprodução

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) publicou, em seu site, lista com indicações de livros de autoras consideradas por bolsonaristas como “desafetos” de Jair Bolsonaro. Foram sugeridas obras da jornalista Patrícia Campos Mello (A Máquina do Ódio) e da cientista política Ilona Szabó (A Defesa do Espaço Físico). A lista foi formulada pela agente literária Lucia Riff.

À Coluna, ela disse ter sido convidada pela Brazilian Publishers para indicar cerca de cinco livros de autores brasileiros que pudessem interessar a editores estrangeiros. “A escolha foi feita na agência. Mandei a lista, junto com uma apresentação sobre cada livro, e assim foi publicado”, disse.

À noite, após contato da Coluna, a lista foi retirada do site da Apex. A agência explicou que suprimiu a publicação para averiguar seu conteúdo e que ela é de responsabilidade da Câmara Brasileira do Livro e da autora. O conteúdo, segundo a agência, foi inserido no portal pelo sistema de publicação automático do site.

No início do ano passado, Jair Bolsonaro proferiu ofensas de cunho sexual contra Campos Mello em referência ao depoimento de um ex-funcionário de uma agência de disparos de mensagens em massa por Whatsapp prestado à CPMI das Fake News no Congresso. Ela escreveu série de reportagens sobre o assunto.

Já Szabó foi demitida do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária do Ministério da Justiça, após ter sido convidada pelo ex-ministro Sérgio Moro, a pedido do presidente.

LEIA TAMBÉM: Estados ainda negociam vacinas com laboratórios

Tudo o que sabemos sobre:

ApexJair Bolsonaro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.