Politica

ANDRé ESTEVES

PF prende banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual

Executivo é um dos acionistas da Sete Brasil– empresa investigada pela Operação Lava Jato e criada para fornecer equipamentos à Petrobrás, entre eles sondas para exploração de petróleo

0

Andreza Matais, Beatriz Bulla, Ricardo Brito e Julia Affonso

25 Novembro 2015 | 08h17

André Esteves. Foto: Clayton Souza/estadão

André Esteves. Foto: Clayton Souza/Estadão

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira, 25, com a autorização do Supremo Tribunal Federal, o banqueiro André Esteves. Ele é dono do Banco BTG Pactual e um dos acionistas da Sete Brasil– empresa investigada pela Operação Lava Jato e criada para fornecer equipamentos à Petrobrás, entre eles sondas para exploração de petróleo.

O executivo é um personagem importante no cenário econômico do País. A defesa de André Esteves não foi localizada.

[veja_tambem]

André Esteves foi citado em um bilhete apreendido pela Polícia Federal, escrito na prisão, pelo presidente da maior empreiteira do País, Marcelo Odebrecht.

Também foram presos hoje o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), líder do governo no Senado, seu chefe de gabinete, Diogo Ferreira, e o advogado Edson Siqueira Ribeiro Filho, que defende ex-diretor da área Internacional da Petrobrás.

COM A PALAVRA, A ASSESSORIA DO BTG PACTUAL:

“O BTG Pactual esclarece que está  à disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos necessários e vai colaborar com as investigações.”

COM A PALAVRA, A DEFESA DE MARCELO ODEBRECHT

“Em bilhete a seus advogados, Marcelo Odebrecht mencionou André Esteves unicamente pelo fato de o BTG ser um dos acionistas da Sete Brasil, responsável pela contratação de sondas para a Petrobras.”

Comentários