Política

politica

CCJ discute parecer que nega autorização para processar Temer

Integrantes da comissão debatem o parecer da denúncia de organização criminosa e obstrução da Justiça contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco

Temer e os ministros foram acusados pela Procuradoria-Geral da República de participar de um suposto esquema com objetivo de obter vantagens indevidas em órgãos da administração pública. Em nota, o Palácio do Planalto nega as acusações. Trata-se da segunda denúncia contra Temer.

 

Caberá à CCJ votar o parecer elaborado pelo relator, deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), pela rejeição da denúncia. Independentemente do resultado na comissão, o Plenário deverá decidir se autoriza ou não a abertura de processo no Supremo Tribunal Federal contra Temer, como determina a Constituição. Temer precisará de 172 votos

 

Na primeira denúncia, a CCJ aprovou relatório contrário à aceitação da denúncia por corrupção passiva contra o presidente. Por 41 votos a 24, o colegiado garantiu uma primeira vitória a Temer no Congresso.  



ACOMPANHE AO VIVO

Atualizar
  • 19h51

    18/10/2017

    O Estado encerra a transmissão ao vivo e agradece a audiência. 

  • 19h49

    18/10/2017

    Lembrando que o relatório de Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), a respeito da primeira denúncia e que também pedia sua rejeição, recebeu 41 votos favoráveis. Isso significa que o governo perdeu dois votos a seu favor. 

  • 19h48

    18/10/2017

    CCJ aprova relatório de Bonifácio de Andrada por 39 votos e, com isso, recomenda a rejeição da denúncia

  • 19h47

    18/10/2017

    Votação oficialmente encerrada. 39 votos a favor relatório e 26 contra. 

  • 19h45

    18/10/2017

    Todos os deputados já votaram. 

  • 19h44

    18/10/2017

    "Não, não, não, não ao gavetão", grita a oposição. Neste momento, os deputados da comissão ainda votam. 

  • 19h43

    18/10/2017

    Neste momento, a oposição protesta contra Temer com cartazes.

  • 19h43

    18/10/2017

    Até o momento, 55 parlamentares votaram. 

  • 19h41

    18/10/2017

    A presidência da Casa abre a votação.

  • 19h38

    18/10/2017

    Minoria orienta "não". 

  • 19h37

    18/10/2017

    Líder da maioria orienta "sim". 

  • 19h37

    18/10/2017

    Líder do governo orienta "sim". 

  • 19h36

    18/10/2017

    Neste momento, as lideranças estão indicando suas orientações para o voto. "Sim" é a favor do relatório, isto é, pela rejeição da denúncia contra Temer e os ministros. Após a orientação, haverá a votação no painel eletrônico. 

  • 19h35

    18/10/2017

    Deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) pede tempo de líder para falar. 

  • 19h31

    18/10/2017

    REDE orienta voto "não" ao relatório. Deputado Alessandro Molon (RJ) pede para falar no tempo de líder. 

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.