Zuanazzi é chamado em Comissão para explicar e-mail

O ex-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) Milton Zuanazzi ingressou na Comissão de Infra-Estrutura do Senado para esclarecer a polêmica sobre e-mail atribuído a ele e destinado à ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, com desabafos seus sobre o processo de venda da Varig. Foi o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), quem solicitou a Zuanazzi sua entrada em plenário, inicialmente prevista somente para depois do final do depoimento da ex-diretora Denise Abreu. Outro ex-diretor da Agência, Leur Lomanto, também chegou ao plenário, por solicitação de Jucá. Ontem de manhã, Zuanazzi chegara a informar a parlamentares da base aliada que não iria hoje à Comissão porque queria evitar um eventual confronto com Denise Abreu. Durante a tarde, ele voltou atrás e confirmou presença. Ele iniciou nesta tarde a responder perguntas de senadores.A ex-diretora da Anac Denise Abreu afirmou hoje, na audiência pública da Comissão de Infra-Estrutura do Senado, ter tido conhecimento do e-mail. Na mensagem, lida na audiência pública pelo presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), Zuanazzi teria confirmado que, numa das reuniões com a direção da Anac para discutir a venda da Varig, a ministra da Casa Civil declarou que o governo não iria se submeter a decisões da Justiça no caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.