Zona leste de SP terá farmácia de genéricos

A primeira farmácia só de genéricos do País será inaugurada na quinta-feira, dentro da estação do metrô Tatuapé (zona leste de São Paulo). A Casa dos Genéricos é diferente da loja inaugurada há cerca de um mês, no centro de São Paulo, que inclui medicamentos similares e perfumaria. Na estação Tatuapé circulam diariamente cerca de 100 mil pessoas. A inauguração terá a presença da gerente-geral de Medicamentos Genéricos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Vera Valente, e o apoio dos laboratórios Biosintética e Medley. "Esperamos atender cerca de 20 mil pessoas por mês, com uma expectativa de faturamento de R$ 15 mil", afirma o bioquímico e farmacêutico Sérgio Araújo de Andrade Jr., responsável pela nova farmácia.Em junho, outras duas filiais da empresa serão inauguradas na capital, nas estações do metrô Carrão (zona leste) e Luz (centro). "Além de comercializar genéricos dos laboratórios mais confiáveis, para o tratamento das mais diversas patologias, a Casa dos Genéricos também terá como função informar e esclarecer a população sobre o novo tipo de medicamento", afirma Andrade Jr.Para isso, a Casa dos Genéricos contará com um farmacêutico de plantão e os atendimentos de balcão serão feitos por universitários da faculdade de Farmácia. "Isso é muito importante para os pacientes que usam medicamentos controlados e precisam de um profissional para orientá-los", diz Andrade. Também serão promovidas palestras sobre genéricos, em uma sala ao lado da farmácia, em três horários diferentes. A loja funcionará das 6h às 22h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.