Zero Hora terá que indenizar Bisol por danos morais

A 3a Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou que o jornal Zero Hora terá de pagar uma indenização de R$ 1.191.088 ao ex-senador José Paulo Bisol por danos morais. O ex-parlamentar sentiu-se ofendido por uma série de 58 reportagens jornalísticas nas quais ele era acusado de manipular verbas orçamentárias e de superfaturar emendas para obras que beneficiariam sua fazenda. As reportagens foram publicadas em 1994, quando Bisol era candidato à vice-presidência da República na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva. O STJ informou que o jornal também publicou que o ex-senador teria se aposentado com apenas sete meses de atividade como desembargador, praticado nepotismo e conseguido empréstimo privilegiado da Caixa Econômica estadual. Na ação em que pedia uma indenização por danos morais, os advogados de Bisol argumentaram que todas as acusações foram feitas sem provas e causaram prejuízos irreparáveis, dentre os quais a renúncia à candidatura à vice-presidência da República.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.